Fale Conosco

16 de abril de 2009

Pró-Conferência discute democratização da comunicação



Pró-Conferência de Comunicação reúne estudantes, profissionais e representantes dos movimentos sociais, em quatro municípios da Paraíba. O objetivo é discutir propostas e traçar um plano de mobilização da sociedade para a I Conferência Nacional de Comunicação, prevista para o final do ano, em Brasília.
 
O primeiro evento acontece nesta quinta-feira (16), em Cajazeiras. já a próxima Pró-Conferência acontecerá no dia 30 de abril, na cidade de Patos. No dia 16 de maio, o evento será sediado em Campina Grande e, no dia 09 de junho, em João Pessoa.
 
A Pró-Conferência de Comunicação está sendo promovida, na Paraíba, pelo Conselho Regional de Psicologia, em parceria com o Conselho Federal de Psicologia. O evento também conta com o apoio do Governo do Estado, da ABRAÇO- Associação Brasileira de Radiofusão Comunitária da Paraíba, AMAZONA – PB – educomunicadores da Associação de Prevenção à Aids, OAB-PB, ComJunto – Coletivo de Estudantes de Comunicação Social da UFPB, jornalistas do movimento Novos Rumos, curso de Comunicação Social da UEPB, Central Única dos Trabalhadores (CUT/PB), entre outras entidades representativas.
 
Segundo a comissão responsável pelo evento, a idéia é construir princípios de uma prática de um movimento de Comunicação Social coerente e criativo buscando mobilizar a categoria, estudantes de psicologia, jornalistas e estudantes de jornalismos, a mídia e a sociedade a fim de debater conteúdos, objetivos e métodos que se inter-relacionem e tenham como fundamento a ética da comunicação.
 
O movimento Pró-Conferencia Nacional de Comunicação surgiu oficialmente em junho de 2007, no final do Encontro Nacional de Comunicação. Atualmente, é composto por 30 entidades da sociedade civil de caráter nacional, pela comissão de Direitos Humanos e Minorias [CDMH] e pelo Ministério Público Federal.