João Pessoa
Feed de Notícias

Primeiro-secretário da Embaixada de Israel visita Salão de Artesanato

quarta-feira, 12 de junho de 2013 - 08:47 - Fotos:  Roberto Guedes/Secom-PB

O vice-chefe da missão diplomática de Israel no Brasil, primeiro-secretário Alon Lavi, chegou nessa segunda-feira (11) a Paraíba, onde faz visita oficial ao Estado até a próxima quinta-feira. Após as reuniões agendadas na cidade de Campina Grande, o diplomata acompanhado da equipe do cerimonial do Governo do Estado, visitou o Salão de Artesanato da Paraíba.

Alon Lavi ficou impressionado com a qualidade do trabalho produzido pelos artesões. “O Salão apresenta belos trabalhos. A qualidade das peças é impressionante. Alguns trabalhos para mim são totalmente novos. Vou voltar ainda esta semana com mais calma para apreciar os produtos produzidos pela Paraíba”, comentou o primeiro-secretário.

Nesta quarta-feira, o diplomata mantém reuniões na Universidade Federal de Campina Grande; Instituto Nacional do Semiárido e no Centro Nacional de Pesquisa do Algodão, na Embrapa. Já na quinta-feira (13), em João Pessoa, Alon Lavi tem encontro com o secretário de Estado dos Recursos Hídricos, João Azevedo e realiza uma visita de cortesia ao governador Ricardo Coutinho. Irrigação, dessalinização de água e desenvolvimento de sementes resistentes à seca estão entre os assuntos a serem abordados com o governador.

De acordo com o vice-chefe da missão diplomática de Israel no Brasil, além de conhecer o potencial da região, o objetivo da visita é apresentar e conhecer projetos nas áreas de agricultura, recursos hídricos, as quais Israel possui referência internacional.

Sobre o Salão de Artesanato – Com o tema “Um Universo do Couro Cultura e Arte”, o 18º Salão de Artesanato da Paraíba homenageia os seleiros de todo o Estado. O evento, que acontece na cidade de Campina Grande, é promovido pelo Governo do Estado, por meio do Programa de Artesanato da Paraíba (PAP) ligado à Secretaria do Turismo e Desenvolvimento Econômico (SETDE), e é coordenado pela primeira-dama do Estado, Pâmela Bório.

O Salão faz uma homenagem ao antigo curtume Antônio Villarim, localizado em Bodocongó, que teve seu auge na década de 1970, tornando-se referência no processamento e exportação, chegando a produzir até 800 couros bovinos, diariamente, e mais 10 mil peles de cabra e carneiro.

Em uma área total de 4 mil m², cerca de 500 artesãos estão presentes, representando 44 associações, 7 cooperativas e 35 grupos de famílias. Os turistas podem degustar comidas típicas no espaço gastronômico, que dispõe de tapiocaria, lanchonete, restaurante, além dos estandes com cachaças, licores, rapadura, biscoito caseiro, cocada, castanha, doce, melaço, pé-de-moleque, arrumadinho, escondidinho de macaxeira e comidas típicas de milho.

Serviço – O Salão de Artesanato da Paraíba funciona das 15h às 22h (de 10 a 28 de junho). Durante os dias 22, 23, 29 e 30 o horário será ampliado e funcionará das 11h às 22h. A entrada é gratuita.