João Pessoa
Feed de Notícias

Primeira edição do ‘Praça da Gente’ terá casamento coletivo de 20 casais

quarta-feira, 28 de outubro de 2009 - 19:42 - Fotos: 

A primeira edição do programa ‘Praça da Gente’, que acontece durante todo o dia deste sábado (31), em Guarabira, deverá ser marcado por um casamento coletivo de 20 casais. O lançamento oficial do projeto será feito pelo governador José Maranhão. No mesmo espaço, o programa do Governo do Estado – que tem como tema ‘Saúde e cidadania para todos’ – também vai viabilizar divórcios e aposentadorias, além de uma série de outros serviços, como consultas, exames e emissão de documentos. O projeto é coordenado pela Secretaria de Estado da Saúde (SES) e terá a participação de 26 órgãos parceiros, cada um oferecendo um serviço diferente à população.

Toda a estrutura do ‘Praça da Gente’ deverá começar a ser montada em Guarabira, município do Brejo paraibano com 56.136 habitantes, na manhã desta sexta-feira (30). Os serviços deverão ser iniciados às 7h do sábado. O secretário José Maria de França lembrou que o programa é semelhante ao ‘Saúde e Cidadania na Feira’, que foi implementado nos governos anteriores de José Maranhão. “Agora, o programa ganhou uma nova roupagem e a orientação é que ele leve soluções e respostas aos problemas da população”, disse.

Em Patos – A gerente de Ações Estratégicas e Especiais da SES, Marie Madruga, explicou que o ‘Praça da Gente’ estará em uma cidade diferente a cada 15 dias, dando prioridade aos municípios que são sedes de regionais. Ela destacou o empenho da Prefeitura de Guarabira, que recebe o primeiro evento. “A Prefeitura, através da prefeita Fátima Paulino, abraçou o programa e está dando todo o apoio para que ele seja um sucesso na cidade. Depois de Guarabira, a mesma estrutura será colocada à disposição dos moradores de Patos, no dia 16 de novembro. O evento ocorrerá sempre nos dias de feira, que concentram muita gente”, disse.

Os serviços são muito diversificados. Vão desde o atendimento na área de saúde (com clínicas de dermatologia, oftalmologia e mastologia; testagem de HIV, escovódromo), até diversão, embelezamento e utilidade pública. “Para este primeiro evento, o governo já está viabilizando a documentação em cartório de 20 casais para que o juiz oficialize na ‘Praça’ a união deles, em um casamento coletivo. Também, serão emitidos documentos, aposentadorias e benefícios. No local, ainda haverá oficinas com materiais recicláveis, biblioteca infantil, curso em piscicultura, distribuição de mudas de plantas e sementes e muitos outros serviços”, disse Marie.

Da Assessoria de Imprensa da SES-PB