Fale Conosco

14 de setembro de 2011

Preso mais um suspeito de incendiar ônibus na Capital



A Polícia Civil da Paraíba prendeu, nesta terça-feira (13), mais um suspeito de envolvimento nos incêndios a ônibus na Capital. Helton Monteiro da Costa, de 26 anos, foi preso no bairro Colinas do Sul e reconhecido pelas vítimas como um dos executores dos dois primeiros incêndios registrados no mês de agosto deste ano.
Segundo a polícia, o acusado cumpriu pena por homicídio no regime semi-aberto e estava foragido do presídio Silvio Porto, em Mangabeira. O retrato falado elaborado pelo Instituto de Polícia Científica (IPC) ajudou a polícia no trabalho de investigação, realizado de forma conjunta por policiais civis da Delegacia de Crimes Contra o Patrimônio e da Delegacia de Repressão a Entorpecentes (DRE).
No dia 6 de setembro, a polícia prendeu o ex-presidiário Thiago Alves da Silva, 26 anos, apontado pelas investigações como um dos articuladores dos incêndios. Na ocasião, a polícia apreendeu uma arma especial calibre 38, munição e celulares.
A Polícia já tem a identificação de outras pessoas envolvidas nos crimes. Os nomes não foram divulgados para não atrapalhar o inquérito policial, que deve ser concluído num prazo de 30 dias.
“Esses incêndios aconteceram como reação à repressão da polícia, que está cada dia mais atuante, combatendo o tráfico de drogas de forma veemente. Nós não nos intimidamos com isso e vamos concluir esse inquérito, indiciando todos os envolvidos”, reforçou o delegado Ademir Fernandes, titular da Delegacia de Crimes contra o Patrimônio da Capital.