João Pessoa
Feed de Notícias

Presidente do órgão paraibano assume vice-diretoria Norte-Nordeste de entidade nacional, a Abracen

sexta-feira, 18 de setembro de 2009 - 16:34 - Fotos: 
O presidente da Empresa Paraibana de Abastecimento e Serviços Agrícolas (Empasa), Germano Targino, foi eleito na quinta-feira (17) vice-diretor Norte-Nordeste da Associação Brasileira das Centrais de Abastecimento (Abracen), que hoje congrega 26 Ceasas em 20 unidades da Federação. A escolha foi feita durante encontro de dirigentes dos entrepostos de comercialização no Brasil, realizado em Fortaleza (CE).

Ao fazer uma avaliação do encontro, Germano Targino disse que se sentia honrado pela escolha e satisfeito “em poder fazer parte de uma entidade de respeito que tem dado grandes contribuições à política nacional de abastecimento”.

Ele adiantou temas considerados importantes tratados nos dois dias do encontro, como a criação de um projeto de lei para implementar a Política Nacional de Abastecimento, com o objetivo de unificar todos os procedimentos das Centrais de Abastecimento do País.

“Atualmente estão sendo colhidas as assinaturas dos deputados federais e senadores para aderir ao projeto. Para entrar na pauta de votação no Congresso Nacional nós precisamos da adesão de pelo menos 170 parlamentares e hoje contamos com a assinatura de 70”, lembrou.
Medidas – Dentre as experiências mostradas no encontro de trabalho, ele adiantou algumas que pretende adotar nas Centrais de Abastecimento da Paraíba, como a implantação de um processo de informatização, inicialmente nas unidades de João Pessoa e Campina Grande, e instalação da Central do Produtor.

O processo de informatização, a ser implantado em até 90 dias nas Ceasas paraibanas, “vai garantir lisura e transparência no sistema de arrecadação pelas portarias e integração com o Programa de Modernização do Mercado Hortigranjeiro (Prohort) da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), e via Internet serão transmitidos diariamente os preços praticados e o volume comercializado nos entrepostos de comercialização’, informou.

Targino observou que “atualmente esses dados são repassados de forma precária (manual) pelo Sistema de Informação de Mercado Agrícola (SIMA), que funciona nas três Centrais de Abastecimento paraibanas administradas pela Empasa”.

 

Da Assessoria de Imprensa da Empasa