João Pessoa
Feed de Notícias

Presidente da Petrobras garante distribuição no Porto de Cabedelo

terça-feira, 6 de agosto de 2013 - 20:08 - Fotos:  José Marques / Secom-PB

A presidente da Petrobras, Maria das Graças Foster, garantiu ao governador Ricardo Coutinho, nesta terça-feira (6), durante reunião na sede da estatal no Rio de Janeiro, que a distribuição dos combustíveis limpos através dos terminais do Porto de Cabedelo não será alterada. A reunião contou com as presenças do deputado estadual Hervazio Bezerra; do deputado federal Damião Feliciano; do presidente da Companhia Docas, Wilbur Jácome; do corpo diretivo da Petrobras, além de executivos ligados à estatal.

Durante a reunião, o governador expôs para os executivos o momento econômico de crescimento que vive a Paraíba, falou  sobre o polo cimenteiro, dos empregos que estão sendo gerados no Estado e sobre os problemas econômicos e sociais que a saída da cabotagem do Porto traria não só para a cidade de Cabedelo, mas para toda a Paraíba.  Após a exposição de Ricardo Coutinho, a presidente da Petrobras garantiu ao governador: “Nós vamos continuar fazendo a cabotagem entrando pelo Porto. Vocês têm a garantia da presidente da Petrobras”, afirmou Graça Foster.

O governador Ricardo Coutinho disse ter ficado satisfeito com o resultado da reunião. “Nós acertamos de que não haverá, em absoluto, qualquer tipo de suspensão da cabotagem do Porto de Cabedelo. Nós dialogamos com quem realmente podia decidir e a boa notícia é que nós acertamos, é que o Porto de Cabedelo vai continuar operando com o sistema de cabotagem e todo transporte de combustíveis que a Paraíba precisa para o seu transporte. Saio muito satisfeito dessa reunião, porque acertamos e afastamos esses riscos que haviam, a partir de uma discussão madura e verdadeira com a Petrobras”, afirmou o governador.

De acordo com o presidente da Companha Docas da Paraíba, Wilbur Jácome, a afirmação da presidente põe um fim nas especulações. “A reunião deu um basta nas especulações e  informações desencontradas por vários setores. O mais importante foi ter a garantia de manutenção e crescimento da movimentação do Porto de Cabedelo. Este ano iremos acumular quase 50% de aumento em relação a 2010″, avaliou o presidente da Companhia Docas.