Fale Conosco

4 de dezembro de 2013

Preço dos combustíveis varia até 15% na Região Metropolitana de João Pessoa



Pesquisa realizada pelo Procon da Paraíba constatou que os preços dos combustíveis vendidos em estabelecimentos da Região Metropolitana de João Pessoa varia até 15%. A maior diferença de preços foi identificada no etanol vendido no município de Bayeux, onde o menor valor cobrado é R$ 2,190 e o maior é R$ R$ 2,439.

Já com relação à gasolina e ao diesel, combustíveis cujos reajustes de preços nas refinarias foram anunciados pela Petrobras na semana passada, a variação chega a 10% e 12%, respectivamente, entre um estabelecimento e outro.

Para efeito da pesquisa, os valores cobrados foram comparados apenas com os preços de outros estabelecimentos localizados na mesma cidade. A gasolina mais cara da região metropolitana está em João Pessoa, onde o maior preço cobrado é R$ 2,910, no Posto Pichilau, no Distrito Industrial. O mesmo preço é cobrado também no posto Pichilau localizado no município de Bayeux.

Já o menor preço do litro da gasolina na capital (R$ 2,738) foi observado no Auto Posto Colibris, na Avenida Hilton Souto Maior, no bairro Cidade dos Colibris. Na região metropolitana de João Pessoa, o menor valor cobrado pelo litro da gasolina é 2,630, no Posto Santa Rita, localizado na cidade de mesmo nome. Com relação ao preço do diesel, o menor valor é praticado no Posto Liberdade, em Bayeux, onde o litro do combustível é vendido por R$ 2,169.

O secretário executivo do Procon-PB, Marcos Santos, comentou que, de posse dos preços praticados pelos postos de combustíveis nesta semana, o órgão de defesa do consumidor deve começar agora uma fase de comparação com os preços praticados nas semanas anteriores para averiguar se houve aumento abusivo dos preços.

Agora nós vamos levantar os dados de preços levantados pela ANP (Agência Nacional de Petróleo, Biocombustíveis e Gás Natural) para verificarmos se houve aumentos acima do que foi anunciado pela Petrobras para a refinaria. Caso o posto esteja aproveitando este aumento para aumentar seus lucros, o estabelecimento será notificado”, informou.

Ao todo, foram pesquisados os preços em 47 estabelecimentos, sendo 21 em João Pessoa, 9 em Bayeux, 8 em Santa Rita e 9 em Cabedelo. A pesquisa completa pode ser conferida no site do Procon-PB (www.procon.pb.gov.br), no link ‘Pesquisa de Preço’ ou na sede do órgão, localizada no Parque Solon de Lucena, Centro de João Pessoa.