Fale Conosco

29 de janeiro de 2015

Prazo com desconto de 10% do IPVA das placas 1 e 2  encerra nesta sexta-feira



A opção do pagamento do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) com desconto de 10% para a cota única encerra nesta sexta-feira (30). Os contribuintes paraibanos, que possuem veículos com as placas terminadas em 1 ou 2,podem também optar pelo parcelamento em até três vezes sem desconto, mas a primeira parcela precisa ser efetuada até o dia 30 deste mês.Como o dia 31 de janeiro seria a data limite, mas este ano cai em um sábado, o pagamento precisa ser antecipado.

A Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos, que firmou novamente convênio com o Departamento Estadual de Trânsito da Paraíba (Detran-PB), confirmou que já foram enviados os 125.653 boletos referentes às placas 1 e 2 para as residências dos paraibanos, sendo 48.731 de carros e 66.922 de motocicletas.

Contudo, caso o boleto do IPVA, via Correios, não tenha chegado à residência, o proprietário poderá imprimir pela internet no portal do Detran-PB. Basta informar os números completos da placa do veículo e do Renavam no link http://www.detran.pb.gov.br/index.php/ipva.html

De acordo com a pesquisa da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe), contratada pela Receita Estadual, os proprietários de veículos usados no Estado da Paraíba terão uma redução média de 3,8% no pagamento do IPVA em 2015, quando comparado ao valor pago neste ano. A redução média considera todos os tipos de veículos, como automóveis, motos, utilitários, ônibus e caminhões.

Além do pagamento IPVA, o proprietário de veículo precisa efetuar o pagamento da Renovação Anual de Licenciamento do veículo ao Detran-PB (R$ 117), da Taxa de Bombeiro (R$ 17,55) e do  Seguro Dpvat. O valor do Dpvateste ano será novamente de R$ 292,01 para motocicletas, motonetas, ciclomotores e similares, enquanto para automóveis e camionetas particulares, missão diplomática, corpo consular e órgão internacional de R$ 105,65. Já o Dpvat de micro-ônibus com cobrança de frete com lotação não superior a 10 passageiros e ônibus, micro-ônibus e lotações sem cobrança de frete (Urbanos, Interurbanos, Rurais e Interestaduais) continua também R$ 247,42.