João Pessoa
Feed de Notícias

Porto de Cabedelo discute novo sistema de arrendamento de áreas

quinta-feira, 4 de março de 2010 - 17:58 - Fotos: 
A administração do Porto de Cabedelo enviou representante comercial à reunião na Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq), em Brasília (DF), na terça-feira (2), em que se discutiu o processo de arrendamento de áreas portuárias. A partir de agora, esse procedimento será acompanhado por técnicos da agência. A idéia é dar maior transparência, segurança e celeridade a esse tipo de atividade.

É o que prevê o novo sistema de Estudo de Viabilidade Técnica e Econômica (EVTE) obrigatória para a elaboração, apresentação e análise de projetos de arrendamento de áreas e instalações portuárias encaminhados à Antaq, apresentado durante o encontro no auditório do órgão. Totalmente informatizado, todo o levantamento será monitorado por técnicos da Antaq, antes mesmo da solicitação oficial, munida de toda documentação necessária, chegar ao órgão. O representante comercial do Porto de Cabedelo, Francisco Paquet, foi quem acompanhou o evento.

Na ocasião, Paquet também contribuiu com sugestões para o novo sistema, que permitirá a Antaq ter mais controle dos contratos de arrendamentos, visto que todas as informações necessárias ao EVTE, que abrangem o estudo de mercado, a movimentação de mercadorias, as receitas e os retornos do empreendimento serão, numa etapa anterior à sua aprovação, acompanhados pela Antaq.

“É desse estudo de viabilidade que os valores dos arrendamentos são determinados, portanto, era essencial que a Antaq também tivesse mais controle sobre ele”, frisou Paquet, lembrando que é mandatória sua confecção antes de viabilizar qualquer investimento nos Portos e que com a informatização do processo, se o empreendimento não apresentar nenhuma irregularidade, sua aprovação será deflagrada com rapidez e segurança.

“A Antaq vai evitar a demora atribuída à comprovação de todas as informações recebidas de uma única só vez e as especulações a respeito do empreendimento”, afirmou ele, destacando a importância da apresentação do novo sistema de EVTE – Módulo Arrendamento para todos os presentes, que na ocasião também se informaram de sua aplicabilidade e necessidade.  Até esta sexta-feira (5), Francisco Paquet cumpre extensa agenda de reuniões em Brasília para tratar dos arrendamentos do Porto de Cabedelo na Antaq e na Secretaria Especial dos Portos (SEP).

Da Assessoria de Imprensa do Porto de Cabedelo