João Pessoa
Feed de Notícias

População destaca decisão da SES em liberar vacinação contra a gripe A

segunda-feira, 5 de abril de 2010 - 13:30 - Fotos: 
Depois do feriadão da Semana Santa, muita gente procurou os postos de saúde para tomar a vacina contra a influenza pandêmica A (H1N1). A Paraíba é o primeiro estado a liberar a vacinação para todos os oito grupos prioritários que estão dentro dos critérios da campanha (profissionais de saúde; índios; gestantes; crianças de 6 meses a 2 anos; doentes crônicos, incluindo os idosos, e jovens e adultos entre 20 e 39 anos).

Desde o dia 8 de março até o final da manhã desta segunda-feira, foram vacinadas na Paraíba 181.220 pessoas segundo o Sistema de Informação do Programa Nacional de Imunizações (SI-PNI). A meta da Secretaria de Estado da Saúde (SES) é imunizar 1.750.172 paraibanos até o dia 21 de maio.

O coordenador de imunização da SES, Walter Albuquerque disse que tomou a decisão de liberar a vacinação para todos os grupos prioritários porque tem as vacinas e os profissionais trabalhando. “Muitos idosos com doenças crônicas estavam indo aos postos e voltando sem tomar a vacina, porque pelo calendário da campanha eles ainda não estavam na data para serem imunizados. Agora, todos os grupos prioritários podem se vacinar até o dia 21 de maio, independente do calendário. Informamos ao Ministério da Saúde a decisão e está dando certo”, afirmou Walter Albuquerque.

População comemora antecipação da vacina – De acordo com o calendário divulgado pelo Ministério da Saúde, a partir desta segunda-feira (5) teria início à vacinação só para o grupo prioritário com idade entre 20 e 29 anos. Mas, como a SES liberou para todos os grupos, o aposentado Romero Furtado Guimarães, que tem diabetes, conseguiu antecipar a vacinação. “Fiquei sabendo que os idosos já podiam se vacinar, então achei melhor porque fico prevenido contra a doença”, disse ele, que foi imunizado no Centro de Saúde Teixeira Vasconcelos – Lactário da Torre.

Muitas mães também compareceram aos postos para imunizar as crianças de 6 meses a 2 anos (segundo grupo prioritário, cuja data pelo calendário de vacinação do MS terminou na semana passada). A dona de casa Tatiana Morais, que levou o pequeno Gabriel Morais Brasilino para se imunizar contra a influenza pandêmica A (H1N1), disse que foi um alívio poder vacinar a criança.

“Vim na quinta-feira, mas como era feriado, fui informada pelo pessoal do posto que a partir da segunda-feira as crianças ainda poderiam se vacinar. Fiquei mais tranquila porque não tive como vacinar meu filho antes e terminei perdendo a data divulgada pelo calendário de vacinação”, contou.  

Novas doses
– As 720 mil novas doses começaram a ser enviadas nesta segunda-feira para os 1.007 postos de vacinação distribuídos em todo o Estado. De acordo com informações do coordenador de Imunização da SES, Walter Albuquerque, as doses chegaram na última quarta-feira, mas só foram enviadas a partir de hoje devido o feriadão. “Achamos melhor deixar as vacinas guardadas aqui na Secretaria para evitar algum problema já que teria o feriado da Semana Santa. Mas, elas já estão sendo enviadas e todos os postos têm vacinas para aplicar na população que pertence aos grupos prioritários”, informou.
 
 

Da Assessoria de Imprensa da SES/PB