João Pessoa
Feed de Notícias

Políticas para Mulheres: gerente quer ampliar ações do Programa no interior

sexta-feira, 18 de setembro de 2009 - 08:04 - Fotos: 

Reestruturar a Casa Abrigo de Campina Grande, em uma parceria entre Estado e Prefeitura Municipal, para torná-la referência estadual e atender mulheres vítimas de violência, vindas de toda a Paraíba. Esse é um dos principais assuntos da pauta que será discutida na reunião desta sexta-feira (18), às 10h, em Campina Grande, entre a gerente do Programa Estadual de Políticas para Mulheres, Douraci Vieira, e a Prefeitura da cidade.

O objetivo do encontro é discutir as políticas públicas para as mulheres, que serão ampliadas no município. Douraci também visitará as cidades de Alcantil e Santa Luzia, com a mesma finalidade de planejar ações voltadas para a mulher.

Ela revelou que as reuniões com início nesta sexta-feira fazem parte de uma das ações do Programa, que é visitar todos os municípios paraibanos, explicando a importância de aderir ao Pacto Estadual de Enfrentamento à Violência Contra a Mulher e implementar os trabalhos. Aderir ao Pacto significa que o município compromete-se a realizar políticas públicas voltadas para a promoção da cidadania e da equidade de gênero, organizando uma rede de atendimento às vítimas, que inclui serviços de segurança, saúde, assistência social, entre outras áreas. Outra prerrogativa é criar um organismo para coordenar as atividades, a exemplo de secretaria ou coordenadoria.

Em Campina Grande, cidade que já aderiu ao Pacto, serão discutidas ações estratégicas de políticas para as mulheres, assim como a viabilidade e o prazo para a reestruturação da Casa Abrigo, mecanismo de suporte e apoio às vítimas de violência em todo o Estado, assim como o que será instalado em João Pessoa. Também será discutida a criação de uma Coordenadoria Especial de Políticas Públicas para as Mulheres, bem como a dinamização e renovação das representações do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher.

“Além de tudo isso, precisamos realizar atividades e mobilizações que chamem a atenção da sociedade inteira para sua importante participação nesse processo de combate à violência contra a mulher. Esse é o tipo de crime que a polícia sozinha não consegue controlar. Precisa da participação de todos”, ressalta Hermano Nepomuceno, Chefe de Gabinete da Prefeitura Municipal de Campina Grande, que faz parte da equipe que estará presente n a reunião de amanhã.

A gerente do Programa Estadual de Políticas Públicas para as Mulheres também visitará a cidade de Alcantil, onde participará do mutirão de documentação para trabalhadoras rurais, promovido pela Prefeitura em parceria com a Secretaria Especial de Políticas para Mulheres, da Presidência da República, o Ministério do Desenvolvimento Agrário e o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra).

As atividades terão continuidade no município de Santa Luzia. Douraci se reunirá com equipes da Prefeitura local, com quem debaterá sobre a importância da adesão da cidade ao Pacto e a implementação de políticas voltadas para a mulher. Ela também participará de uma Sessão Especial na Câmara de Vereadores, para discutir o tema.

Fabiana Nóbrega, da Assessoria de Imprensa da Casa Civil