João Pessoa
Feed de Notícias

Polícias Civil e Militar prendem grupo acusado roubar casa lotérica

segunda-feira, 18 de janeiro de 2010 - 17:35 - Fotos: 

A prisão de quatro homens, entre eles um sargento reformado da Polícia Militar, marcou o desfecho da ‘Operação Crepúsculo’, realizada no último fim de semana pelo Grupo de Operações Especiais (GOE) da Polícia Civil e policiais do Batalhão de Choque da Polícia Militar da Paraíba.

O sargento reformado Ezequiel de Paula Ramos, de 45 anos; José Oliveira de Sousa, de 42; Marcos Vieira da Silva, 28, e Gledson Sousa da Silva, de 33 anos, foram abordados pelos policiais no Bairro de Tibiri, em Santa Rita, por volta das 6h do sábado (16).

O grupo é acusado de envolvimento em roubo de uma casa lotérica do município do Conde, ocorrido na segunda-feira (11) e também em uma tentativa de roubo ocorrida na sexta-feira (15), na cidade Itabaiana, a qual foi interrompida graças à ação de agentes policiais. Segundo o coordenador do GOE, delegado Wallber Virgolino, o grupo é ainda suspeito da realização de outros roubos no Bairro dos Bancários, em João Pessoa.

Com o quarteto foram apreendidos uma pistola 357 de uso exclusivo da Polícia Federal, uma escopeta calibre 12 e quatro revólveres calibre 38, além de roupas da PM e um malote do Banco do Brasil, “o que levanta suspeita de envolvimento dos presos em outros crimes”, afirmou o delegado. Após ser interrogado, o grupo foi encaminhado para o presídio de Santa Rita.

Adryana Araújo, da Assessoria de Imprensa da Secretaria da Segurança e da Defesa Social