João Pessoa
Feed de Notícias

Policiais são capacitados para atuação no enfrentamento de casos de violência doméstica 

quinta-feira, 19 de maio de 2016 - 18:38 - Fotos: 

A Polícia Militar da Paraíba encerrou, nesta quinta-feira (19), mais um ciclo de capacitação de policiais militares sobre aspectos e legislações que envolvam ocorrências de violência contra as mulheres. Com essa turma, a PM chega a aproximadamente 900 profissionais capacitados.

A capacitação, planejada pela Coordenação de Integração Comunitária e Direitos Humanos – EM1 da PMPB, teve como objetivo atualizar os policiais quanto aos aspectos da legislação pertinente e  padronizar os procedimentos relacionados ao atendimento de ocorrências que envolvam violência doméstica, de modo a afinar a conduta de todos os agentes da segurança pública que lidam com esses casos.

Essa iniciativa estabeleceu uma parceria entre a Polícia Militar, a Polícia Civil e a Secretaria de Estado da Mulher e da Diversidade Humana do Estado da Paraíba, e teve origem numa análise da Secretaria que, diante dos levantamentos realizados, vislumbrou a necessidade de uma adequação no atendimento às mulheres em situação de violência doméstica.

“Esse momento é muito importante para as Polícias Civil e Militar, visto que é primordial que atuemos juntos nesse complexo sistema que é a segurança pública para que o nosso trabalho possa dar bons frutos”, afirmou a delegada de Atendimento à Mulher – Norte e palestrante na capacitação, Desirée Cristina Rodrigues,.

Primeiramente foram capacitados os policiais do Centro Integrado de Operações Policiais, que, por vezes, estabelecem o primeiro contato com a vítima ou denunciante de violência doméstica, e, posteriormente, a capacitação foi destinada aos policiais militares do Rádio Patrulhamento e Unidades de Polícia Solidária pertencentes ao Comando do Policiamento da Região Metropolitana – CPRM, que são aqueles a quem cabe o encaminhamento inicial nesse tipo de atendimento.

“Nesse ciclo de capacitação trouxemos para os policiais militares aspectos legais e jurídicos através de palestras e da análise de casos práticos para que estes profissionais possam atuar com segurança e respaldo em situações de violência doméstica, de maneira a alinhar a conduta da Polícia Militar com a da Polícia Civil e com as diretrizes de apoio da Secretaria de Estado da Mulher e da Diversidade Humana”, frisou o tenente coronel Ysmar Mota Soares.

 A secretária da Mulher e da Diversidade Humana, Gilberta Santos Soares, reiterou que “essa capacitação é de extrema importância no atendimento preventivo ou repressivo de casos que envolvam a violência contra as mulheres, pois são os policiais quem primeiro atendem as mulheres, principalmente, em situações de emergência. Essa rede de enfrentamento a violência precisa estar bem alinhada. Assim os policiais militares, através do Ciop e Rádio Patrulhamento, as delegacias e os serviços estaduais de assistência social caminharão para qualificação do apoio às mulheres”.