João Pessoa
Feed de Notícias

Policiais fazem treinamento em simulador de tiro na Acadepol em João Pessoa

terça-feira, 10 de março de 2015 - 18:15 - Fotos: 

Policiais civis de João Pessoa e de outras regiões do Estado estão participando durante esta semana de um curso de aperfeiçoamento em tiro na Academia de Polícia Civil (Acadepol), na Capital. O treinamento reúne policiais que estão utilizando o novo equipamento de simulador de tiro, adquirido pela Instituição por meio de convênio com a Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp)/Ministério da Justiça.O equipamento e ainda outro simulador que será instalado em um caminhão adaptado somam um investimento de R$ 400 mil para a formação de policiais de maneira itinerante na Paraíba.

Segundo a instrutora de ensino da Acadepol, Anny Karoline Carneiro Maciel, a Paraíba é o terceiro estado brasileiro a ter um simulador de tiro desse tipo em sua academia de polícia, o que proporciona aos policiais maior precisão no treinamento e mais segurança no momento de tomar a decisão de atirar ou não em um alvo.

“É importantíssimo que haja esse treinamento no simulador de tiro. Temos hoje o equipamento mais moderno que existe neste seguimento e podemos trabalhar com a simulação de uma situação real. O simulador de tiro coloca o policial frente a frente com uma situação de estresse, como se estivesse acontecendo na realidade. Isso permite que ele seja ágil na hora de decidir o que fazer quando estiver de frente para o alvo verdadeiro”, ressaltou.

O treinamento está sendo realizado por 18 policiais civis, que utilizam o simulador para acompanhar a projeção de imagens. As armas são ligadas a um cilindro de ar comprimido, com mira a laser e o treinamento inclui alvos fixos, móveis e ainda tomada de decisões em situações concretas. Os treinamentos ocorrem regularmente na Acadepol, em João Pessoa, e podem ser solicitados por policiais de todo o Estado, que precisam agendar os dias e horários de seus treinos.

 “Essa é a forma mais prática e econômica de se realizar treinamentos em tiro. É necessário que haja a maior aproximação possível da realidade e isso o simulador de tiro nos oferece. Além disso, a economia é muito grande porque nós utilizávamos munições para realizar treinamentos no stand convencional. Agora, só precisamos encher um cartucho que nos permite inúmeros tiros virtuais com a precisão que o policial necessita para o seu treinamento”, concluiu Anny Karoline, instrutora de ensino da Academia de Polícia Civil da Paraíba.