João Pessoa
Feed de Notícias

Policiais civis participam de Workshop Internacional sobre violência doméstica

terça-feira, 25 de julho de 2017 - 18:10 - Fotos:  Divulgação

Sete policiais civis participaram do 2º Workshop Internacional de acesso à Justiça, promovido pelo Instituto Avon e Organização Internacional Vital Voices Global Partnership. O evento, que este ano teve como tema “Respostas eficazes e coordenadas à violência contra as mulheres”, aconteceu no período de 10 a 12 de julho na cidade de Fortaleza, no estado do Ceará. Representantes de seis estados brasileiros participaram do encontro. Entre eles estava a dona de casa Maria da Penha que deu nome a Lei que protege a mulher vítima de violência, em vigor desde 2006 no Brasil.

A participação das policiais civis da Paraíba no Workshop faz parte do programa de incentivo a qualificação e capacitação do servidor da Secretaria de Estado da Segurança e Defesa Social. As delegadas Renata Matias, subcoordenadora das Delegacias da Mulher no estado, Josenise de Andrade Francisco, da Delegacia da Mulher na zona norte de JP, Tâmara Lenina Xavier de Lucena, subcoordenadora da Delegacia da Mulher em Patos, as agentes de investigação Susicleide Dantas Carreiro, chefe do Núcleo de Saúde da Sesds, Maria Zilene Moreira Gonçalves, subgerente de Recursos Humanos da Sesds, Flaviana Câmara e Teresa Beringuer, foram escolhidas pelo trabalho desenvolvido junto às mulheres vítimas de violência.

Durante os dias de trabalho, as servidoras da Polícia Civil da Paraíba tiveram a oportunidade de trocar experiências e de somar conhecimentos debatendo a problemática da violência doméstica que atinge mulheres de todas as classes sociais. O tema foi discutido durante rodadas de exercícios práticos de acesso à Justiça, atividades  sobre a legislação, minipalestras, debates e encenações de casos com discussões em grupos. Ao final do Workshop, os participantes receberam certificados. As experiências e informações que as servidoras da PC compartilharam durante o evento serão repassadas para a instituição por meio de palestras.

A Paraíba conta com 13 Delegacias Especializadas de Atendimento à Mulher (Deam). A primeira foi criada no ano de 1987, na cidade de João Pessoa, hoje a Capital conta com duas Deams. As outras Delegacias estão nas cidades de Picuí, Sousa, Cajazeiras, Campina Grande, Bayeux, Cabedelo, Guarabira, Santa Rita, Monteiro, Patos e Mamanguape. As mulheres vítimas de violência também podem procurar dois Núcleos de Atendimento à Mulher, instalados nas cidades de Queimadas e Esperança. A equipe é formada por delegadas, agentes de investigação, escrivães e psicólogos, preparados para um atendimento humanizado as vítimas de violência.