João Pessoa
Feed de Notícias

Polícia turística da Paraíba registra queda nos assaltos nas praias do litoral Sul

segunda-feira, 9 de maio de 2011 - 18:20 - Fotos: 

O trabalho conjunto entre a Companhia de Polícia de Apoio do Turismo (Ceatur) e as agências de receptivo tem contribuído para a redução de ocorrência de assaltos a turistas nas praias do Conde (Litoral Sul). A avaliação é do comandante da Ceatur, capitão Onierbeth Elias de Oliveira.

Segundo o militar, houve uma redução de até 90% nos casos de assaltos a turistas nas áreas próximas às praias de Tabatinga, Coqueirinho e Tambaba, locais onde há maior fluxo de pessoas. “Essa redução se deve ao trabalho de monitoramento que começou a ser feito na área, a partir das agências de receptivo, que têm informado a ida aos locais dos grupos e os horários dessas visitas. Estamos agindo em função dos cronogramas das operadoras”, confirmou.

Equipe – O capitão Onierbeth esteve na Empresa Paraibana de Turismo (PBTur) para apresentar à presidente da estatal, Ruth Avelino, os chefes de sessões da Companhia de Polícia voltada aos turistas. Na oportunidade, a executiva tomou conhecimento de algumas ações dos militares, essencialmente no trabalho de garantir segurança aos turistas em locais de maior fluxo de pessoas, como Centro Histórico, Farol e Estação Cabo Branco, as praias de João Pessoa e Cabedelo e a Costa do Conde. “Estamos com viaturas circulando nessas áreas permanentemente”, afirmou Onierbeth.

A Companhia é composta por 82 policiais – 75 homens e sete mulheres –, que passaram por treinamento especial e palestras oferecidas pela PBTur. Estão à disposição desse efetivo seis viaturas e 50 bicicletas. Ruth Avelino discutiu com os militares a necessidade de reforçar o esquema de segurança especializado durante os festejos juninos, e apoia a ida de um contingente da Ceatur para cidades que terão maior concentração de turistas, como Campina Grande, Bananeiras, Areia e até mesmo o Distrito de Galante, onde ocorre a tradicional parada do ‘trem do forró’.

Estratégias – De acordo com a presidente da PBTur, é preciso pensar na segurança dos turistas no Estado como um todo. Por isso, ela deve reforçar a concretização de algumas demandas internas da Companhia, conversando com o comandante da Polícia Militar e até mesmo como o governador da Paraíba. O capitão Onierbeth reconhece que o contingente de policiais ainda é reduzido para uma ação mais abrangente e revelou que tem discutido com os chefes de sessões a construção de um estudo que deve criar argumentos para uma ampliação de pessoal para atuar nesse segmento.

Foram apresentados à presidente da PBTur os militares Capitã Isabelli (subcomandante), Tenente Edher (comandante da Ciclo Patrulha), e os aspirantes Talita (Relações Públicas) e Fernandes (comandante do policiamento motorizado).