João Pessoa
Feed de Notícias

Polícia registra 427 ocorrências por som alto e 94 motoristas alcoolizados durante carnaval

quarta-feira, 13 de fevereiro de 2013 - 17:32 - Fotos:  Roberto Guedes / Secom-PB

Para garantir a segurança do folião na Paraíba, a Polícia Militar mobilizou mais de 7 mil policiais durante o período de carnaval. Os militares atenderam 427 ocorrências que tratavam de som alto e flagraram 94 motoristas dirigindo sob efeito do álcool. Vinte armas de fogo foram apreendidas, sendo que 16 delas somente em João Pessoa.

Em Cajazeiras, onde pelos menos 200 mil pessoas passaram pelo corredor da folia nas cinco noites de festa, a polícia registrou cinco ocorrências (porte de entorpecente; embriagues e desordem e lesão corporal). Foi mobilizado um efetivo de 150 policiais (militares e civis) para prestar a segurança na cidade.

Já na cidade do Conde, Litoral Sul do Estado, as principais ocorrências registradas foram em relação ao volume de som dos carros. O Batalhão de Policiamento Ambiental atendeu a 208 ocorrências na praia de Jacumã. Em um primeiro atendimento, os policiais faziam um trabalho educativo, mas nos casos de reincidência, foram aplicadas multas, que chegavam a R$ 20 mil reais.

Em Lucena, as únicas ocorrências registradas foram por som alto. Na Baía da Traição, um homem foi preso com um revólver calibre 38 e uma quantidade de maconha.

O comandante geral da Polícia Militar, coronel Euller Chaves, percorreu várias cidades para verificar a aplicação do policiamento. “Mesmo em áreas que não promoveram Carnaval, a exemplo da cidade de Coremas, a população presenciava um reforço no policiamento. A tropa se empenhou para garantir a segurança durante os festejos”, avaliou.

Policiamento nos bairros – O policiamento dos bairros continuou de forma normal. Em João Pessoa as rondas foram intensificadas, resultando na apreensão de 16 armas de fogo e 19 suspeitos presos.

Lei Seca – O Batalhão de Policiamento de Trânsito intensificou as operações durante o período de Carnaval e recolheu 281 veículos com irregularidades, aplicou 1.203 multas e recolheu 119 Carteiras de Habilitação. Nas ações, 94 motoristas foram flagrados dirigindo embriagados em todo Estado, 13 deles foram conduzidos até a delegacia por apresentar um nível muito elevado de álcool. Nove veículos roubados foram recuperados. Na cidade do Conde foi preso o foragido do presídio PB1 Jeferson Francisco Coelho, de 25 anos, que foi entregue a justiça para cumprir o restante da pena.

Durante o carnaval, a Operação Lei Seca montou barreiras policiais nas cidades de Campina Grande, Mamanguape, Rio Tinto, Baía da Traição, Lucena, Jacumã, Cabedelo, além das praias de João Pessoa. As fiscalizações marcaram a interiorização das ações da Operação Lei Seca que, desde 21 de setembro do ano passado, integrou os órgãos de trânsito estaduais.

A campanha educativa de trânsito idealizada pelo Governo do Estado para o carnaval 2013 teve como tema “O carnaval acaba. A vida continua!”. Além da parte repressiva pelo cumprimento da lei seca, foram realizadas  ações educativas nas cidades de Pombal, Cajazeiras, Patos, Coremas e Catolé do Rocha.

Para o superintendente do Detran, Rodrigo Carvalho, o aumento das fiscalizações e as mudanças no valor da multa por embriaguez ao volante vem conseguindo provocar uma mudança de comportamento nos motoristas. “O objetivo da lei seca não é aplicar multas, mas sim salvar vidas e evitar a mistura álcool e direção que já causou tantos danos à sociedade”, disse o superintendente.