João Pessoa
Feed de Notícias

Polícia realiza aula inaugural para receber estagiários do curso de direito na instituição

sexta-feira, 10 de março de 2017 - 16:34 - Fotos:  Divulgação

A Secretaria de Estado da Segurança e da Defesa Social (Sesds), por meio da Delegacia Geral da Polícia Civil da Paraíba, realizou, na tarde dessa quinta-feira (9), a aula inaugural de boas vindas para os estudantes do curso de Direito da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), Centro Universitário Unipê e Faculdade Internacional da Paraíba. Os 140 alunos foram selecionados para estágios supervisionados com duração de seis meses nas Delegacias e no Instituto de Polícia Cientifica (IPC).

O estágio é resultado de um acordo de parceria firmado entre a Polícia Civil e as instituições de ensino superior e busca o aperfeiçoamento dos estudantes na área do Direito Criminal. Durante o período prático, os estudantes vão acompanhar o trabalho desenvolvido pela Polícia Civil, uma instituição histórica que exerce funções de Polícia Judiciária, nas Unidades Federativas do Brasil, de acordo com o art. 144 da Constituição Federal de 1988.

Dirigida por Delegados de Polícia de Carreira, a Polícia Judiciária tem como principal função apurar as infrações penais e sua autoria por meio da investigação policial, com a instauração de inquérito e remetê-lo a Justiça. Esta foi a primeira lição que os alunos aprenderam durante a abertura do estágio, que contou com a presença do secretario de Segurança, Claudio Lima, secretário adjunto, Jean Nunes, delegado geral da Polícia Civil, João Alves, delegado geral adjunto, Isaias Gualberto, representantes das universidades e delegados de polícia.

O delegado geral da Polícia Civil, João Alves, abriu os trabalhos desejando boas-vindas para os alunos e destacando a importância dessa experiência. “Todos nós sabemos da importância da prática somada com a teoria e para o curso que vocês escolheram não será diferente. Já para a Polícia Civil a chegada de vocês representa uma oportunidade de beber um pouco da fonte destes jovens alunos cheios de energia e ávidos por conhecimento”, disse.

Já o delegado geral adjunto Isaias Gualberto preparou uma apresentação sobre os avanços da Polícia Civil na Paraíba. Ele destacou os prédios da Central de Polícia no Geisel, inaugurado no ano de 2015, e da Acadepol, que é considerada uma das academias de Polícia mais modernas do País. A compra de equipamentos e o investimento na capacitação dos policiais também fizeram parte da apresentação para familiarizar os estudantes que vão acompanhar o dia a dia do trabalho policial.

A professora Anne Augusta, que representou a UFPB destacou a importância desta parceria com a Polícia Civil. “Muitas vezes o aluno do curso de Direito sai da Universidade e vai para o mercado de trabalho sem ter contato o Direito Penal, que é uma área obrigatória e pela não existência desse tipo de estágio ele tem um certo preconceito com esta área que ele poderia atuar e ser muito feliz, trazendo muita contribuição para a sociedade civil”, destacou a professora.

Outro professor que exaltou a parceria foi o representante do Unipê, Artur Souto. Ele lembrou que esta é a terceira turma que participa do estágio supervisionado por meio de uma parceria com a polícia civil. “Quero falar para os alunos que aqui estão que a partir do momento que vocês ingressam na Central de Policia vocês vão estar tendo responsabilidades e exercendo funções de responsabilidade. Então aproveitem para aprender sobre este trabalho e que vocês possam crescer ainda mais como seres humanos e profissionais”, falou.

Já o professor da Universidade Internacional da Paraíba, Galdino Toscano, falou da emoção de conhecer uma polícia preparada e correta que luta pela sociedade. “Estes profissionais da polícia civil só vão engrandecer a vida acadêmica de vocês e com suas experiências e incansável busca pela paz. Peço para os estudantes aqui presentes que se dediquem porque no futuro vocês também ocuparão estes cargos e tomarão conta do nosso Estado”.

Para finalizar a apresentação, o secretário Claudio Lima agradeceu às universidades pela parceria e fez um pedido para os alunos: que eles também avaliassem o trabalho desenvolvido pela polícia civil para que os gestores observassem o que está dando certo e o que precisa ser melhorado. “Todos nós sabemos que qualquer projeto tem um longo prazo para dar certo, então vocês precisam aproveitar todas as oportunidades para tirar o melhor delas e assim avançar. Nós esmos muito felizes com a chegada de vocês na polícia civil e podem ter certeza que esta experiência será muito importante para a vida de vocês”, destacou o secretário da Segurança.