Fale Conosco

19 de junho de 2012

Polícia prende quadrilha que tentou sequestrar empresário na cidade de Patos



Uma quadrilha de assaltantes pernambucanos composta por quatro elementos invadiu e assaltou a residência do empresário Martinho Martins da Nóbrega. O fato aconteceu na noite desta segunda-feira, 18, no município de Patos, distante 300 quilômetros da capital. Segundo informações da Policia Militar, os homens fizeram o empresário e mais quatro pessoas de reféns no interior da casa, localizada na Rua D. Pedro II, no Bairro Santo Antônio.

Conforme informações do comandante do 3º BPM, tenente coronel Enéas da Cunha Rolim, a suspeita é de que mais outras duas pessoas tenham participação no crime. Um ex-funcionário da empresa teria passado todas as informações para a quadrilha. Ainda segundo informações, os vizinhos teriam percebido a movimentação dos assaltantes e avisado a Polícia, que cercou a casa.

Em poder dos bandidos, os policiais militares apreenderam três pistolas, sendo duas 380 e uma ponto 40, de uso restrito, jóias, perfume, U$ 92 e R$ 1.381, além de um veículo Volks modelo Polo Sedan, de cor prata, placas KKS 4241-Recife, Pernambuco. Segundo informações da polícia uma das armas pertence à polícia de Pernambuco.

Douglas Liberato, 26 anos; Luiz Felipe, 28 anos e Gideon Francisco Barbosa, 26, e Luiz Carlos Filho, 28 anos, todos de Pernambuco, foram capturados dentro da casa do empresário. Gideon Francisco teve as duas pernas fraturadas durante a perseguição no momento em que pulou o primeiro andar da casa e foi conduzido para o Hospital Regional de Patos.

Eles tentaram fugir pelo quintal das casas dos vizinhos. A identidade deles está sendo checadas, pois um deles apresentou documentação falsa. Existem suspeitas de que eles são fugitivos do Sistema Penitenciário Pernambucano”.

A polícia acredita que os bandidos tinham informações privilegiadas, o que leva aos militares acreditarem que deve haver outro participante da quadrilha residente naquele município. “Há mais de três dias várias pessoas confirmaram que viram esses veículos circulando na cidade, porém, eles insistiram dizendo que chegaram hoje na cidade, mas, a polícia acredita que não”, explicou o tc Cunha.

Ao entrar na residência, policiais disseram que um dos assaltantes não percebeu a presença policial e ficou na sala rendendo a família, mas ao ser dado voz de prisão, jogou a arma no chão e se rendeu.

O quarto acusado de participação no assalto foi capturado mais tarde, por volta de 22h30 e levado para a Delegacia de Polícia Civil. Luiz Carlos Filho, 28 anos, denunciou a participação de um vereador de São Bento.