Fale Conosco

8 de fevereiro de 2012

Polícia prende grupo acusado de sequestro e homicídio de funcionário público em João Pessoa



Na madrugada desta quarta-feira (8), policiais militares prenderam três homens e apreenderam dois adolescentes pelo assassinato do servidor público Bruno Ernesto, de 31 anos. De acordo com o delegado Everaldo Medeiros, que está à frente das investigações, o crime tem características de latrocínio, pois o grupo teria cometido o homicídio depois de sequestrar Bruno Ernesto para roubar o carro dele, um veículo Siena na cor prata.

A primeira prisão, comandada pelo coronel Lívio Sérgio, do 5º Batalhão, aconteceu por volta da primeira hora desta madrugada. Policiais militares avistaram o carro roubado no bairro José Américo, na Capital, quando um dos suspeitos do crime, José Alexandro Cavalcanti de Lima, 32 anos, estava estacionando o veículo na garagem. Detido, Alexandro confessou ter participado do roubo e apontou onde estavam escondidos os outros suspeitos. “Localizamos os demais suspeitos escondidos em uma casa no conjunto Colinas do Sul”, detalhou o coronel. Também foram presos Josinaldo do Rosário, 24 anos e Glayson Dias da Silva, 18 anos.

Em depoimento, os suspeitos apontaram um adolescente, acusado de envolvimento em outros crimes, como roubo e tráfico de drogas, como o autor dos dois disparos que resultaram na morte de Bruno Ernesto. Depois de autuados, os dois adolescentes apreendidos foram encaminhados para a Delegacia da Infância e da Juventude e os três adultos estão detidos na Central de Polícia.

O servidor público Bruno Ernesto foi sequestrado na porta de casa, no bairro dos Bancários, na noite de terça-feira (7). Ele foi rendido por criminosos e colocado na mala do próprio carro. O corpo da vítima foi encontrado na madrugada desta quarta, no bairro de Gramame.

O secretário de Estado da Segurança e da Defesa Social, Cláudio Lima, lamentou a morte do jovem Bruno Ernesto e reafirmou que o compromisso do órgão é evitar desfechos como esse e solucionar os crimes que não puderam ser evitados. Desde que foi informado do ocorrido, a Secretaria dispôs todo o seu aparato para a solução do crime. Poucas horas após o fato, os suspeitos foram presos.

Outras prisões – Intensificando o combate ao tráfico de drogas na Grande João Pessoa, , na noite dessa terça-feira, policiais militares da 4ª Companhia prenderam cinco pessoas e apreenderam três adolescentes no bairro de Imaculada, em Cabedelo. Os adolescentes foram encaminhados para a Delegacia da Infância e Juventude e os demais para a 7ª Delegacia Distrital. Com o grupo, foram apreendidos sete celulares, 28 pedras de crack (além de mais de dois quilos da droga), 14 chips e R$ 480.

Também na noite de terça-feira, policiais da 4ª Companhia prenderam uma mulher em flagrante no bairro São José, na Capital, por tráfico de drogas. Foram apreendidos com ela R$60em dinheiro, 29 trouxas de cocaína, 30 trouxas de maconha e certa quantidade de maconha solta. No bairro das Malvinas, em Campina Grande, um homem foi preso com 39 pedras de crack.