João Pessoa
Feed de Notícias

Polícia Militar vai usar drones para fiscalizar crimes contra o meio ambiente na Paraíba

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017 - 15:50 - Fotos:  Secom PB

A extração ilegal de areia, caça ilegal, desmatamento e outros crimes ambientais agora serão fiscalizados com mais rigor pelo Batalhão de Polícia Ambiental, que passará a usar drones para identificar suspeitos de cometer esses crimes. O projeto do patrulhamento aéreo ambiental vai entrar em vigor ainda neste mês de fevereiro, com ações em todo Estado.

O comandante do Batalhão de Polícia Ambiental, major Cristóvão Lucas, explicou que a nova forma de atuação, pelo alto, vai otimizar as ações do Batalhão. “Ao mesmo tempo teremos uma economia de tempo e dinheiro, com uma atuação mais eficaz, pois a averiguação das denúncias, como também os levantamentos por parte da inteligência, serão monitorados por drones, evitando que o policial fique muito tempo fazendo incursões em locais de difícil acesso para encontrar os suspeitos, o que será apontado em tempo real pelas imagens do drone, direcionando a viatura para a rota de fuga que os criminosos pretendam usar”, explicou.

O primeiro drone do projeto já foi adquirido, por meio de uma parceria público-privada com a empresa Brennand Cimentos, que contemplou o Batalhão Ambiental com um equipamento, por intermédio do programa de responsabilidade social da empresa.

O gerente do Meio Ambiente e Responsabilidade Social da Brennand Cimentos, Murilo César, que fez a entrega do equipamento, disse que a preocupação com o meio ambiente e a atuação em defesa dos recursos naturais que o Batalhão Ambiental vem demonstrando chamou a atenção da empresa. “Esse projeto do qual a Polícia Militar solicitou a parceria e não poderíamos deixar de atender é para o bem da sociedade, que tem direito ao meio ambiente ecologicamente equilibrado, então essa atuação da Polícia Ambiental é um dos caminhos para a preservação dele”, comentou.

O projeto – O major Lucas informou que o comandante geral da Polícia Militar, coronel Euller Chaves, lançou o projeto Delta com a utilização de drones para o policiamento, o que vai reforçar também as ações de fiscalização do meio ambiente. “Estaremos expandido o patrulhamento, a partir do crescimento do projeto Delta e vamos treinar os policiais para expandir também o patrulhamento aéreo ambiental”, completou.