Fale Conosco

14 de abril de 2010

Polícia Militar realiza novo Curso de Gerenciamento de Crises, em JP



Um novo Curso de Gerenciamento de Crises está sendo ministrado durante duas semanas no Centro de Educação da Polícia Militar da Paraíba, em João Pessoa. A atividade tem como objetivo aprimorar e qualificar policiais militares, civis, federais, rodoviários federais, membros da Ordem dos Advogados do Brasil, secção Paraíba, e do Exército Brasileiro. O ex-comandante do Grupo de Ação Táticas Especiais do Estado de São Paulo, major Diógenes Dalle Lucca, é um dos palestrantes do Curso.

Segundo informações do major Onivan Elias, que coordena o Curso, 60 alunos estão participando dos treinamentos tanto psicológico como operacional que tem duração de duas semanas. São 60 horas-aula envolvendo as seguintes disciplinas: Doutrina de Gerenciamento de Crises, Rebelião em Estabelecimento Prisional, Técnicas de Negociações, Radiografia do Sequestro, Estudo de Casos e Psicologia Básica.

O oficial da PM paraibana considera “a troca de experiências entre membros das forças policiais de fundamental importância para que trabalhem em sintonia e prestem um serviço com maior qualidade, resultando na garantia da segurança para toda sociedade brasileira”.
Conforme informações do major Onivan Elias, que também é especialista em Gerenciamento de Crises da PMPB, gerenciar uma situação de crise equivale a uma delicadíssima intervenção cirúrgica. “A equipe médica vai realizar tudo o que estiver ao seu alcance para que a cirurgia termine bem sucedida, mas isso não significa necessariamente que o paciente saia dela com vida.

A equipe médica inicia a cirurgia sem saber o que vai encontrar pela frente, qual a extensão dos ferimentos com os quais irá se deparar. E a todo momento, quando tudo parece controlado e caminhando para um final feliz, o paciente pode vir a ter complicações, e a cirurgia voltar à estaca zero”, comparou.

Marcos Tadeu, com fotos de Werneck Moreno, da Assessoria de Imprensa da Polícia Militar