João Pessoa
Feed de Notícias

Polícia Militar inaugura museu e homenageia autoridades nesta terça

terça-feira, 20 de agosto de 2013 - 08:59 - Fotos:  Werneck Moreno

Os principais fatos e personagens que marcaram os 181 anos de história da Polícia Militar da Paraíba agora estão acessíveis ao público. Nesta terça-feira (20), vai ser inaugurado o Museu da corporação, no Salão Nobre do Quartel do Comando Geral (Centro de João Pessoa), que conta com diversos painéis e equipamentos que contam a evolução da briosa paraibana.

De acordo com o tenente Emiliano de Cristo, diretor do museu, o prédio conta com documentos internos da PM do início do século XX (como boletins e cadernetas), além de uniformes e armamentos de época. Um dos destaque é uma túnica, uniforme de gala da PM, que data de 1920. Entre os armamentos antigos, estão expostos uma metralhadora Hotchkiss, utilizada nas décadas de 1930 e 1940, além de equipamentos de rádio.

A inauguração do Museu faz parte das comemorações do aniversário do coronel Elísio Sobreira, patrono da PMPB. Na ocasião, também haverá o lançamento do livro ‘A Briosa – A História da Polícia Militar da Paraíba’, de autoria do coronel reformado João Batista de Lima; e a concessão da medalha Elísio Sobreira para policiais militares e autoridades civis que contribuíram para o engrandecimento da corporação.

Durante a solenidade de inauguração, que é aberta ao público em geral, a população poderá conferir a viatura mais antiga da PM, um fusca do ano de 1974. O veículo ficará exposto na área externa do Quartel do Comando Geral, no pátio da Praça Pedro Américo.

O Museu – Criado inicialmente como memorial, em 2004, o Museu da PM passou a ter uma nova configuração na gestão do atual comandante da briosa, o coronel Euller de Assis Chaves. Desde janeiro de 2011, foi iniciado o trabalho de coleta de materiais de cunho histórico para compor o acervo.

Além do tenente Emiliano de Cristo, ajudaram na montagem do museu o coordenador de arquivo da Polícia Militar, o educador Edson de Almeida Macedo; e três professores do curso de Arquivologia da Universidade Federal da Paraíba: a professora doutora Bernardina Freire, o professor mestre Bertrand Martins e a professora mestre Karlene Dantas.

História – Criada no Império (em 3 de fevereiro de 1832), a Polícia Militar da Paraíba é o mais antigo órgão público em atividade no Estado da Paraíba. Ao longo da sua história, a PM esteve presente nos mais importantes momentos históricos do Brasil e da Paraíba, a exemplo do combate à Revolução Praieira, à Guerra do Paraguai, à Revolta do Quebra-quilos e à Coluna Prestes.

Inicialmente, a corporação foi formada com um efetivo de 50 homens, sendo 15 a cavalo e 35 a pé. As suas primeiras missões foram a guarda da cadeia e a execução de rondas no Centro de João Pessoa. Atualmente, a corporação conta com um efetivo de 9.375 homens e mulheres na ativa, distribuídos em 14 Batalhões de área, quatro Batalhões Especializados e sete Companhias Independentes.

Entre as atribuição da PM estão: planejar e coordenar as ações de polícia ostensiva e de preservação da ordem pública; atuar também de maneira preventiva; fazer a guarda de presídios; realizar a fiscalização de trânsito nas rodovias estaduais e exercer a polícia administrativa do meio ambiente.