Fale Conosco

3 de junho de 2009

Polícia Militar faz balanço positivo da Operação São João de Segurança



A Operação São João de Segurança, em execução pela Polícia Militar da Paraíba, apreendeu em várias cidades desde a última sexta-feira, dia da abertura do Maior São João do Mundo, em Campina Grande, onze armas de fogo, recuperou cinco automóveis roubados ou furtados e apreendeu 100 pedras de crack e um quilo de maconha. A ação dos policiais militares nos eventos juninos também evitou diversas ações violentas, sobretudo nas imediações dos eventos. Na noite de abertura do Maior São João do Mundo, pela primeira vez em 26 anos, não foi registrado nenhum homicídio.

As informações são do comandante geral da Polícia Militar da Paraíba, coronel Marcos Antonio de Carvalho, prestadas durante entrevista coletiva concedida na Secretaria de Comunicação do Estado. Ele adiantou que no mês de junho a Corporação não concede férias aos policiais por conta dos festejos juninos em grande parte dos municípios paraibanos.  O efetivo da PM nas festas juninas recebe um reforço dos alunos dos cursos em andamento no Centro de Formação da Polícia Militar, com futuros soldados e de oficiais e os próprios instrutores dos cursos.
 
No Maior São João do Mundo, na cidade de Campina Grande, em média são destacados para o policiamento cerca de mil policiais militares a cada noite/madrugada. A presença da PM também é eficiente nos eventos em Patos, Cajazeiras, Sousa, Catolé do Rocha, Guarabira, Monteiro, Pombal, Bananeiras, Solânea e demais cidades que promovem grandes festejos neste período das festas de Santo Antonio, São João, e São Pedro.
 
A Polícia Militar da Paraíba hoje tem 8.243 homens e mulheres em seus quadros. Praticamente todos estão nas ruas cumprindo o seu papel nas diversas modalidades de policiamento preventivo.
 
O coronel Carvalho anunciou que ainda este ano será criada uma Companhia de Polícia Militar no Município de Caaporã, nas imediações da BR-230. Em Natal e Recife os índices de criminalidade são bem mais altos do que em João Pessoa e esta companhia é uma das ações preventivas de combate à violência. Haverá um convênio com a Polícia Rodoviária Federal. Nas divisas da Paraíba com o Rio Grande do Norte e Pernambuco o sistema de segurança pública está reforçando as operações para tentar evitar o ingresso no Estado de criminosos dos estados vizinhos.
 
O comandante geral da PM informou, ainda, que parte dos novos soldados recrutas serão capacitados para a nova modalidade de policiamento voltado para o setor turístico. No próximo verão, a PM da Paraíba terá em seu efetivo mais 800 soldados. 
 
Ao final da entrevista coletiva o coronel Carvalho tratou a respeito das audiências públicas que a Polícia Militar tem participado em alguns municípios, com a presença do secretário da Segurança e Defesa Social, Gustavo Gominho. Destacou que são oportunidades de aproximar as corporações da sociedade civil.

Josélio Carneiro, com fotos de Walter Rafael