Fale Conosco

3 de dezembro de 2012

Polícia faz apreensão recorde de cocaína no Estado



A Polícia Civil da Paraíba realizou, na tarde desta sexta-feira (30), a maior apreensão de cocaína em pó registrada pelas polícias estaduais. Os policiais da Delegacia de Repressão ao Entorpecente (DRE) apreenderam 10 quilos da droga pura e 20kg  na forma de crack em uma residência localizada no bairro de Mangabeira VIII, na Capital. Duas pessoas foram presas e uma adolescente apreendida.

“Esse trabalho demonstra o empenho da polícia no combate ao tráfico de entorpecente e se reflete também na diminuição do número de homicídios no Estado porque os assassinatos estão intimamente relacionados ao comércio de drogas”, analisa o titular da Gerência de Polícia Civil Metropolitana, Wagner Dorta.

De acordo com delegado, a droga foi trazida para a Paraíba pelo casal Janilson Barbosa Costa, 33 anos, e Alessandra Macio Gonzaga do Nascimento, 38 anos, ambos naturais de Natal (RN). “Realizamos um trabalho prévio de investigação. Estávamos ha algum tempo acompanhando os passos desse casal e esperamos o momento oportuno para realizar a apreensão”, revela o delegado.

Combate ao tráfico -  De janeiro a setembro de 2012 foi apreendida mais de meia tonelada de droga, sendo 92 quilos de cocaína em forma de crack, 5 quilos de cocaína pura e 404 de maconha. Muitos líderes do comércio de entorpecente que atuavam na Paraíba também foram presos.

Apenas durante a Operação Liberdade, iniciada no dia 31 de agosto, mais de 100 quilos de maconha foram retirados de circulação e 25 pessoas presas por tráfico de drogas. No mesmo mês, na Operação Eclipse, 10 pessoas foram presas nos municípios de Pilar, São Miguel de Taipú e João Pessoa. Na última quarta-feira (28) outros seis traficantes foram presos em Pitimbu, Litoral Sul da Paraíba.  Muitas das pessoas presas também tinham envolvimento com outros tipos de crimes como roubos e homicídios.

 

Foto ilustrativa