Fale Conosco

12 de dezembro de 2012

Polícia cumpre mandados de prisão contra acusados de homicídios no Rio Grande do Norte



Policiais do Grupo Tático Especial (GTE) da cidade de Patos e da Delegacia de Crimes Contra a Pessoa cumpriram, na manhã desta quarta-feira (12), dois mandados de prisão contra José Aliff Rodrigues Tomás e José Marcos Ferreira. A dupla, acusada de ter cometido pelo menos sete homicídios e várias tentativas na Paraíba e em Alagoas, foi presa no município de Parnamirim, Rio Grande do Norte. Segundo a polícia, a maior parte dos crimes está relacionada a guerra entre facções rivais.

“Os dois agiam separadamente, mas pertenciam ao mesmo grupo criminoso e, por isso, fugiram juntos”, explicou o coordenador do GTE de Patos, Gilson Duarte. De acordo com ele, apenas José Aliff cometeu sozinho cinco homicídios, quatro quando adolescente, e uma tentativa. Marcos, por sua vez, é suspeito da autoria de um assassinato e confessou outro. “Ele confirmou ter matado um adolescente de outra facção”, conta o delegado.

Ainda segundo Gilson Duarte, os dois acusados inicialmente fugiram da Paraíba para Salvador (BA) e em seguida passaram a morar no Rio Grande do Norte. “A polícia vinha monitorando os passos da dupla até conseguir o mandado de prisão. Fizemos uma campana na frente da casa de um deles desde a madrugada para que a operação fosse exitosa”, detalha o coordenador do GTE de Patos.

MAIS PRISÕES

Apenas nesta quarta-feira (12), a Polícia Civil da Paraíba prendeu 17 pessoas envolvidas em casos de homicídios, tráfico de drogas e roubos. Na operação Abadia, o Grupo de Operações Especiais (GOE) desarticulou uma organização criminosa que atuava em João Pessoa e Cabedelo. Ao todo, 10 pessoas foram presas acusadas de tráfico de drogas e homicídios registrados na Região Metropolitana. Com essas prisões, o GOE consegue efetuar a marca de 100 prisões em cinco meses.

Em parceria com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), durante a Operação Sulanca a Polícia Civil prendeu acusados de assaltar sacoleiros no município de Caruarú (PE). Quatro homens e uma mulher foram presos. Os mandados de prisão foram expedidos pela Justiça de Campina Grande.