Fale Conosco

12 de abril de 2012

Polícia Civil prende acusado de falsificar cartões de crédito



Uma operação conjunta, denominada “Crédito Livre”, das Delegacias de Vigilância Geral e de Defraudações e Falsificações de Campina Grande, resultou na prisão de Rodolfo Durant, acusado de falsificar cartões de crédito e adquirir várias mercadorias de procedência ilícita.

 

Há mais de dois meses, policiais da Delegacia de Defraudações e Falsificações, sob o comando da delegada Renata Dias, vinham investigando o acusado. Na manhã desta quarta-feira (11), com o apoio de equipes da Delegacia de Vigilância Geral, conseguiram prender Durant, no Lava Jato Polibrilho, de sua propriedade, no bairro de José Pinheiro.

 

Foram apreendidos 20 cartões de crédito já confeccionados em nome de terceiros e 322 para serem confeccionados; uma maquineta; dois computadores, dois notebooks, dois televisores de 47 e 50 polegadas, cinco pares de tênis, oito litros de uísque, 10 aparelhos celulares, um relógio, 20 rolos de arame farpado, um revólver, seis munições, uma câmera fotográfica, um paredão de som e R$ 1.262,00 em espécie.

Também foi detido Clodoaldo Alves Batista, suspeito de participação nos atos delituosos. As investigações continuam com a finalidade de identificar outros envolvidos.

A Polícia já conseguiu apurar que Rodolfo Durant movimentava cerca de R$ 100 mil reais por mês de forma ilícita e aplicava golpes, inclusive em outros estados.

O inquérito é comandando pelos delegados Yasley Almeida, de Vigilância Geral e Renata Dias, de Defraudações e Falsificações. O delegado regional da 2ª Delegacia de Campina Grande, André Rabelo destacou a ação das equipes envolvidas na operação e ratificou a importância das operações de forma integrada, possibilitando maior eficiência das ações policiais.