Fale Conosco

5 de setembro de 2012

Polícia Civil prende 11 pessoas no Cariri paraibano



Desarticular a ação de traficantes e homicidas na cidade de Sumé e região, no Cariri paraibano, foi o objetivo da Operação Gavião Carcará, realizada desde as primeiras horas da manhã desta quarta-feira (5) por policiais da 4ª Delegacia Regional de Polícia Civil, sediada em Monteiro. Ao todo, 11 pessoas foram presas, duas armas foram apreendidas e duas motocicletas recuperadas.

De acordo o delegado regional Danillo Orengo, quatro pessoas foram presas por mandado de prisão preventiva: Paulo Juvenal, João Barbosa Rodrigues, Maxwell de Lima Chaves e Rafaella Beatriz Rodrigues Barbosa. Três mandados de busca e apreensão contra adolescentes também foram cumpridos. Os jovens vão ser encaminhados para o abrigo privisório de Campina Grande.

“Não se tem dúvidas sobre o envolvimento das sete pessoas com o tráfico de drogas na cidade de Sumé/PB. A Polícia Civil encontrou, inclusive, um caderno com anotações, referendando a venda de entorpecentes, e uma arma de fogo na residência da principal acusada, identificada apenas por Rafaella. Além do mandado de prisão, a mulher foi autuada em flagrante delito por posse de arma de fogo”, detalhou Danillo Orengo.

Já na cidade de Monteiro, os policiais do Grupo Tático Especial (GTE) prenderam Cícero Emerson Lopes da Silva, também por mandado de prisão.  “Há alguns meses a Polícia Civil apreendeu uma arma de fogo, do tipo revólver, em poder de Emerson, que foi autuado em flagrante. O material foi encaminhado para o Instituto de Criminalística para confrontação balística em munições encontradas em um cadáver, fato ocorrido no ano passado, na cidade. O exame constatou que a arma apreendida teria sido utilizada no homicídio. Dessa forma, a autoridade policial representou por mandado de prisão preventiva e conferiu o seu devido cumprimento”, revelou ainda o delegado regional.

Em São José do Egito (PE), policiais civis de Prata e Ouro Velho deram cumprimento a um mandado de prisão em desfavor de Severino dos Ramos Caboclo. Ele ainda foi autuado em flagrante pelos crimes de apropriação indébita e falsificação de sinal identificador de veículo automotor.  Na ocasião, outro veículo adulterado também foi apreendido.

Na seqüência, a Polícia Civil deu cumprimento a dois mandados de busca e apreensão, na zona rural dos municípios de Prata e Ouro Velho, visando combater o tráfico de armas naquelas cidades. Uma arma de fogo foi apreendida em poder de José de Anchieta Rafael, autuado em flagrante.

“Vale ressaltar que a população detém uma importante meio de combate à violência, o Disque Denúncia – 197. Qualquer cidadão pode comunicar condutas criminosas e terá a sua identidade preservada, sem nenhum custo. Todas as denúncias são investigadas”, finalizou.