Fale Conosco

14 de dezembro de 2011

Polícia Civil de CG prende assaltantes e recupera dinheiro roubado de indústria em Bodocongó



Policiais da Delegacia de Roubos e Furtos de Campina Grande prenderam, nesta quarta-feira (14), a quadrilha responsável pelo assalto à empresa Incopar, localizada no bairro de Bodocongó. Durante o assalto, registrado no dia 5 de dezembro, os criminosos levaram cerca de R$ 100 mil, em dinheiro e cheques.

Foram presos Presly Henrique de Lima Silva (18 anos), Ítalo Feliciano de Negreiros (21), João Evangelista da Silva (28) e Adjelson Santos Oliveira (21). Eles foram localizados numa casa na comunidade Vila dos Teimosos. Com o grupo, a polícia apreendeu um revólver calibre 38 e uma espingarda calibre 12, além de ter recuperado a quantia de R$ 14 mil, em espécie.

Para a polícia, a prisão da quadrilha vai refletir na redução dos crimes patrimoniais, em especial nesta época do ano, quando aumenta o fluxo de dinheiro devido à movimentação pelo comércio e o turismo. “Essa quadrilha certamente faria outras vítimas neste fim de ano. Eles possuem antecedentes criminais – um deles, inclusive, passou oito anos preso no Serrotão, cumprindo pena por roubo. Sem dúvida, essa foi mais uma prisão importante e que vai contribuir com a redução da violência em Campina Grande”, afirmou o delegado regional de Campina Grande, Wagner Dorta. Todos os acusados foram autuados e conduzidos ao presídio Serrotão.

 

A Polícia Civil em Campina Grande tem se destacado no combate aos crimes patrimoniais na Paraíba. Desde o início do ano, a Delegacia de Roubos e Furtos intensificou o trabalho, tendo se dedicado, especialmente, à repressão aos assaltos a bancos e explosões de caixas eletrônicos, prendendo mais de 80 criminosos envolvidos nessa prática criminosa.