João Pessoa
Feed de Notícias

Polícia capacita policiais para enfrentamento a grupos criminosos e de ataques à bancos

sexta-feira, 22 de setembro de 2017 - 08:43 - Fotos: 

A Polícia Militar concluiu a capacitação de 18 policiais para atuação em operações rurais e de enfrentamento a grupos criminosos que atuam contra instituições financeiras. Os policiais foram formados na nova turma do Curso de Operações e Sobrevivência em Área de Caatinga (COSAC), que começou em agosto, no município de Pocinhos, a 30 quilômetros de Campina Grande, e terminou nesta semana, após 396 horas/aula.

Durante o período de capacitação, os alunos conheceram a doutrina do curso, que apresenta 16 disciplinas práticas e teóricas que vão desde topografia, análise de cenários e identificação de riscos, técnicas de montanhismo, operações helitransportadas, planejamento de operações, e a padronização de procedimentos, para enfrentamento mais qualificado de grupos criminosos.

“Além do treinamento do policial militar para conflitos em ambientes adversos, o diferencial deste curso é a sua parte teórica, que agrega conhecimento para planejamento de ações, elementos psicossociais para entender o Nordeste, estudos da fauna e flora da caatinga, além das técnicas de sobrevivência, tudo isto para maximizar a ação do policial”, disse o capitão Wherick Felício, coordenador do curso e comandante do Grupamento Especializado de Operações em Área de Caatinga (GEOsAC).

Somente os policiais formados por este curso estão aptos para compor o GEOsAC, que é o responsável pela formação da doutrina de operações rurais na Paraíba, sendo efetivo de pronto-emprego, subordinado diretamente ao comandante geral, e com atuação em todo o estado.

Segundo o comandante geral da PM, coronel Euller Chaves, a realização deste curso é mais um ganho para segurança pública no combate especializado aos crimes nas áreas rurais e contra instituições financeiras. Na última edição do curso foram capacitados 30 policiais. “Os policiais militares que concluíram o COSAC serão mais uma ferramenta para compor nosso sistema de segurança, buscando enfrentar as modalidades criminosas”, declarou.