João Pessoa
Feed de Notícias

Polícia alerta que passar trote para o 190 é crime

quarta-feira, 27 de abril de 2011 - 09:35 - Fotos:  Edvaldo Malaquias/Secom-PB

Centro Integrado de Operações Policiais (CIOP). Foto: Edvaldo Malaquias

Trote é crime previsto em lei.  Esse é o alerta do comandante do Centro Integrado de Operações Policiais (CIOP), tenente coronel João Erivaldo de Pontes.  Segundo ele, o texto do artigo 340 do Código Penal Brasileiro diz: Provocar a ação de autoridade, comunicando-lhe a ocorrência de crime ou contravenção que sabe não ter se verificado. “Trata-se de comunicação falsa de crime ou contravenção, com detenção de um a seis meses ou multa”, disse o militar.

O coronel Pontes informou que somente no mês de fevereiro de 2011 foram 34.293 chamadas para os números 190 (Polícia Militar) e 193 (Bombeiros), das quais 2.075 foram trotes. A metade deles passados por crianças. “Só de um número recebemos 66 ligações”, ressaltou.

Segundo os dados estatísticos do Centro Integrado, a média de trotes passados para a Polícia é de 30%, aumentando para 35 no período de férias escolares. “Os pais podem ajudar a diminuir esse percentual disciplinando o uso de celulares pelos filhos”, disse Pontes.

Ainda segundo o comandante do CIOP, passar trote para Polícia prejudica a população que necessita de atendimento de urgência. “As linhas ficam ocupadas, prejudicando muita gente que precisa do socorro imediato. Mas quero lembrar aos que persistem no erro que existem mecanismos tecnológicos que possibilitam saber o local exato de onde foi feita a ligação”, alertou.

O militar disse que a população pode denunciar a comunicação falsa de crime pelo número 197 (disque denúncia da Polícia Civil). “Inclusive, já houve casos de pessoas presas em flagrante, uma delas, recentemente no Centro de João Pessoa”, revelou o comandante.