Fale Conosco

13 de março de 2014

PM encerra nesta sexta-feira as inscrições para Guarda Militar da Reserva



A Polícia Militar da Paraíba encerra, nesta sexta-feira (14), as inscrições das 250 vagas oferecidas para Guarda Militar da Reserva (GMR), destinada para os policiais que estão na reserva remunerada e desejam voltar ao serviço ativo da corporação. Os selecionados ganham uma nova matrícula e passam a receber uma bolsa especial, equivalente a patente do militar.

O edital foi publicado no boletim interno da instituição, na edição de número 39, cujo acesso é aberto para todos os policiais militares. Entre os requisitos para compor a guarda, está o de integrar a reserva remunerada, ter comportamento no mínimo bom e não ter passado para a inatividade na condição de incapacidade sanitária definitiva.

O coordenador adjunto da Guarda Militar da Reserva, major Cristóvão Lucas, destaca a importância desse recrutamento para a polícia militar. “Ela garante um reforço nas ruas, já que o guarda militar da reserva é empregado no serviço de guarda patrimonial, o que possibilita que o policial da ativa que exerce essas funções volte ao serviço operacional, além de promover uma oportunidade para os PMs que desejam e têm plenas condições de continuar contribuindo com a instituição por mais tempo”, pontuou.

O major lembrou ainda dos novos limites de idade, que aumentaram, passando a ser de 64 anos para capitão, 1º e 2º tenente, no caso de oficial. Para os praças ficou 64 anos para subtenente, 63 para 1º e 2º sargento e 62 para cabos e soldados.

As 250 vagas estão distribuídas para a região metropolitana (140), comando do policiamento regional 1 (60), localizado na região de Campina Grande, e comando do policiamento regional 2, no sertão paraibano. Nelas estão incluídas dez vagas para oficiais até o posto de capitão.

O prazo final para os candidatos se inscreverem é na manhã desta sexta-feira (14), das 08h às 13h, na sede da GMR (João Pessoa) para os candidatos às vagas da região metropolitana, na sede do 2º Batalhão (Campina Grande) para os candidatos às vagas do CPR – I; e na Sede do 3º BPM (Patos), para os candidatos às vagas abertas para a região do sertão.

Documentos exigidos – Na inscrição o candidato deve levar cópia da identidade PM ou BM da reserva remunerada; Portaria de transferência para a inatividade pelo órgão competente (PBPREV); Declaração negativa do Tribunal de Contas do Estado ou Coletorias Estaduais; certidão criminal, fornecida pelo Tele judiciário, referente aos últimos cinco anos, expedida no máximo, há 30 (trinta) dias; Certidão criminal fornecida pela Justiça Militar Estadual, referente aos últimos cinco anos, expedida no máximo, há 30 (trinta) dias; Certidão Criminal, fornecida pela Justiça Federal, referente aos últimos cinco anos, expedida no máximo, há 30 (trinta) dias certidão de antecedentes criminais da Comarca onde reside o militar estadual inativo, expedida no máximo, há 30 (trinta) dias; Certidão de antecedentes do Tribunal Regional Eleitoral – TRE, na hipótese de o interessado ter concorrido como candidato nas últimas eleições; Exame de sanidade mental.

Capacitação -  Os classificados passam por um estágio de readaptação funcional, com carga horária de 60 horas, nas disciplinas de relações públicas; Noções básicas de direito aplicado; Técnicas de uso e contenção de força; Abordagem; Inteligência policial; Direitos humanos; Administração de conflitos interpessoais; Tiro defensivo; Noções de neurolinguística. Só após essa capacitação que os militares passam a assumir as funções. 

A efetivação das inscrições será publicada até o dia 19 de março de 2014 no site da polícia militar (www.pm.pb.gov.br).