João Pessoa
Feed de Notícias

Plenária de fórum vai se estender até a próxima sexta-feira (11), no Hotel Xênius, em João Pessoa

terça-feira, 8 de junho de 2010 - 17:10 - Fotos: 
A Secretaria de Estado da Saúde (SES) realiza, a partir desta quarta-feira (9), a X Plenária do Fórum Estadual de Saúde do Trabalhador. O evento será aberto às 19h e se estenderá até a sexta-feira (11), no Hotel Xênius, no bairro do Cabo Branco, em João Pessoa, sob a coordenação do Centro de Referência Estadual de Saúde do Trabalhador (Cerest), e terá como tema ‘A Saúde do Trabalhador no SUS: refletindo as práticas e delineando novas ações’.  

Durante três dias, representantes de várias categorias dos trabalhadores das áreas urbana e rural, a exemplo de sindicatos e associações; de setores que atuam de forma intersetorial, como universidades, Previdência Social e Ministério do Trabalho; dos quatro centros de referência e órgãos de saúde pública, como unidades sentinelas, e profissionais da atenção básica e vigilância sanitária, que foram capacitados em saúde do trabalhador, e das gerências operacionais da SES, vão discutir as formas para implementar as ações de saúde do trabalhador na rede pública do setor.

Temas – A diretora-geral do Cerest, Carmen Verônica Barbosa Almeida, lembrou que serão discutidos no evento o processo de implantação da saúde do trabalhador no Brasil, as práticas no âmbito do SUS em vigilância, assistência, gestão e formação em saúde do trabalhador e a implantação da saúde do trabalhador no SUS, na Paraíba, a partir do olhar dos trabalhadores.

Os interessados em participar da plenária podem fazer o credenciamento a partir das 14h desta quarta-feira. Outra alternativa é se  inscrever pelo telefones 3218-4163 ou 3218-5844 ou pelo email: cerest@saude.pb.gov.br. “O encontro possibilitará avaliar os avanços e as dificuldades no setor, para que tenhamos uma visão mais ampla do que vem sendo feito em prol da saúde do trabalhador no nosso Estado e, daí, buscarmos estratégias para melhorar a atenção ao trabalhador, na rede SUS”, disse a diretora do Cerest.

Da Assessoria de Imprensa da SES/PB