João Pessoa
Feed de Notícias

Plano especial vai garantir segurança na reta final de 2009

quinta-feira, 12 de novembro de 2009 - 11:13 - Fotos: 

A Associação Comercial e Empresarial de Campina Grande promoveu, na manhã desta quarta-feira (11), uma reunião com o comandante do II Batalhão de Polícia Militar do Estado da Paraíba, Coronel Marcus Marconi, para conhecer o plano de segurança especial visando garantir a tranqüilidade das empresas e dos consumidores nesta reta final de 2009, quando o comércio e as instituições financeiras registram uma intensa movimentação.
  
O comandante do II BPM explicou que toda a estrutura sob seu comando estará nas ruas para garantir a tranqüilidade dos empresários e dos consumidores. Ele informou que toda a área central da cidade será coberta por um plano especial de segurança. Este plano, segundo ele, vai dar maior tranqüilidade a quem vier ao centro da cidade para fazer negócios em bancos ou efetuar compras no comércio.
  
ma das estratégias que a PM vai colocar em prática a partir de segunda-feira (16), será a realização de “barreiras” nos principais acessos da cidade. “Nós pretendemos tirar de circulação o maior número possível de meliantes, armas e drogas”, afirmou o coronel aos empresários.
  
Uma das novidades apresentadas pelo coronel Marcus Marconi é um posto de polícia móvel que estará no centro da cidade para dar todo suporte necessário ao trabalho da PM e servir como ponto de referência para o cidadão que eventualmente necessite do apoio policial.
  
Além do posto policial, a PM vai ampliar o número de policiais a pé nas principais ruas e avenidas do centro. O trabalho, que se estenderá além do horário comercial, também será feito com a participação da cavalaria, da Rotan e da Rádio Patrulha.
  
Participaram da reunião, além dos diretores da Associação Comercial, representantes da CDL, Sindiloja e SITRANS. 
  
O encontro foi coordenado pelo presidente da ACCG, empresário Luiz Alberto Leite. Ele informou que as atividades empresariais de Campina Grande devem registrar uma grande movimentação a partir do dia 20 de novembro, quando as empresas iniciam o pagamento do 13º salário. “As vendas de fim de são uma tradição e este ano nós acreditamos que haveremos de ter um maior número de consumidores nas lojas”, completou.
 

Fernando Soares, com fotos de Nicolau de Castro, da Secom/PB, em Campina Grande