Fale Conosco

29 de maio de 2009

Pesquisadores da UEPB estão monitorando a flora e fauna do semi-árido



Trata-se, segundo ela, de ações que integram a Política de Pesquisa da UEPB na administração da reitora Marlene Alves e que faz parte do Sistema Nacional de Pesquisa e Pós-Graduação e são inteiramente voltadas para as questões regionais.
     
As pesquisas estão sendo desenvolvidas com recursos próprios da Instituição, através do Programa de Incentivo à Pós-Graduação e Pesquisa (investimento de R$ 1 milhão) e com apoio do Ministério da Ciência e Tecnologia, do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq); Fundação de Apoio à Pesquisa (Fapesq) e Finep (Financiadora de Estudos e Projetos).

Os grupos de pesquisa estão ligados ao Mestrado em Ciência e Tecnologia Ambiental, reconhecido pela Capes (Coordenação de Aperfeiçoamento do Pessoal do Ensino Superior); e mais dois Mestrados em Desenvolvimento Regional. Esses programas objetivam formar técnicos de alto nível. A UEPB também está implantando o Mestrado sobre Bioenergia, em parceria com a Embrapa, destinado à pesquisa sobre fontes energéticas alternativas.

Ascom/UEPB