Fale Conosco

11 de junho de 2015

Pesquisa Ideme aponta alta de 0,96% no custo de vida em João Pessoa



Pesquisa do Instituto de Desenvolvimento Municipal e Estadual (Ideme) atestou que o Índice de Preços ao Consumidor da cidade de João Pessoa apresentou um acréscimo de 0,96% no mês de maio. Com esse resultado, o acumulado no ano ficou em 4,97% e nos últimos doze meses em 8,55%. No referido mês, quase todos os grupos que compõem o custo de vida apresentaram desempenho positivo – com variações entre 0,46% a 6,76%, exceto o grupo Artigos de Residência, que registrou uma queda nos preços médios de 0,29%.

De acordo com o estudo do Ideme, os grupos que apresentaram comportamentos positivos no mês de maio/15 foram: Alimentação (0,11%), Vestuário (6,76%), Serviços Pessoais (0,95%), Saúde e Cuidados Pessoais (0,55%) e Habitação (0,46%).

A alta de preços registrada no grupo Alimentação foi influenciada, principalmente, pelos acréscimos dos tubérculos (9,10%), do sal e condimentos (4,66%), das carnes frescas e vísceras (2,89%), dos enlatados e conservas (1,26%) e aves e ovos (1,18%). Já os maiores decréscimos nos gêneros alimentícios foram identificados no pescado (8,07%), frutas (4,98%) e farinhas, féculas e massas (1,56%).

O aumento de preços no grupo Vestuário foi justificado pelas elevações de preços médios nos itens: roupa de mulher (8,51%), jóias e tecidos (7,63%), roupa de criança (4,75%), roupa de homem (2,48%) e calçados e bolsas (1,15%). O grupo Serviços Pessoais sofreu pressão positiva dos itens: outras despesas pessoais (7,51%), serviços pessoais (4,37%), fumo e álcool (1,37%) e recreação (1,27%).

No grupo Saúde e Cuidados Pessoais, de acordo com o Ideme, a elevação de preços foi registrada nos itens: óculos e lentes (9,40%) e higiene e cuidados pessoais (2,55%). Em Habitação, o aumento de preços foi verificado nos artigos de limpeza (1,57%) e no aluguel, condomínio e impostos (0,58%).

Levando-se em consideração apenas os reajustes individuais, os produtos que mais aumentaram de preços contribuindo para a alta do custo de vida em João Pessoa, no mês de maio, foram: passagem aérea (78,75%), pimentão (23,85%), relógio feminino (21,62%), short de criança (20,65%), cenoura (19,75%), camarão salgado (19,65%), cebola (19,49%), relógio masculino (17,90%), maçã (16,58%), conserto de relógio (15,98%), jogos lotéricos (15,73%), tomate (14,22%), alface (13,04%), armação de óculos (13%), açúcar triturado (12,50%), miúdo de boi (12,37%), língua de boi (12,15%), uva preta (11,84%), ferro elétrico (11,39%), talco (10,06%), limão (9,72%), sutiã (8,02%), material para curativo (7,91%) e vestido de mulher (7,44%). Confira detalhes da pesquisa do Ideme, no endereço eletrônico: www.ideme.pb.gov.br