Fale Conosco

6 de novembro de 2013

Pesquisa do Procon-PB aponta variação de até 319% no valor de produtos da cesta básica



Os preços dos alimentos nos supermercados de João Pessoa têm uma variação de até 319% em um mesmo produto vendido em estabelecimentos diferentes. A constatação foi feita pelo Procon Estadual da Paraíba, em pesquisa de preços realizada entre os dias 29 de outubro e 4 de novembro. A maior variação de preços foi observada no quilo da cebola, cujo valor cobrado vai de R$ 0,88 (no Supermercado Manaíra) a R$ 3,69 (no Pão de Açúcar).

Outro destaque no que diz respeito à diferença de preços foi o quilo do pão francês, que vai de R$ 4,98 (no Bompreço) a R$ 9,99 (no Pão de Açúcar), perfazendo uma diferença de 101%. Ao todo, foram pesquisados os preços de 93 itens, entre alimentos, produtos de limpeza e higiene pessoal das marcas mais vendidas em dez estabelecimentos na Capital.

Além do levantamento de preços de cada produto, a pesquisa também contém o valor total da feira, considerando a compra de uma unidade de cada item nos supermercados. Como existem itens de variadas marcas, foram realizados dois preços totais: um considerando apenas as marcas mais baratas em cada supermercado e outro com o preço total da feira no caso em que o consumidor escolher apenas produtos das marcas mais caras.

O Supermercado Todo Dia foi o estabelecimento que apresentou o menor valor total, tanto com relação aos itens de marcas com preços mais baixos (R$ 123,55), quanto nos itens de marcas de preços mais altos (139,70). Por sua vez, o supermercado Pão de Açúcar apresentou os maiores preços tanto na relação com itens de marcas mais baratas (R$ 191,11), quanto na lista com itens das marcas mais caras (R$ 208,18).

O secretário executivo do Procon-PB, Marcos Santos, ressaltou que além de ficar atento aos preços, os consumidores devem também observar os folhetos de promoções dos estabelecimentos. “Muitos supermercados escolhem dias da semana para fazer promoções de frutas e verduras, por exemplo. Ficando atento a isto, o consumidor pode aumentar a economia no momento de comprar os alimentos”, destacou.

Variação de preços – Conforme o levantamento do Procon-PB, os preços das feiras com os produtos mais baratos subiu em seis dos dez estabelecimentos pesquisados, em comparação com o mês de setembro. A maior elevação de preços foi verificado no supermercado Bompreço (22%). Já com relação à feira contendo apenas os produtos das marcas mais caras, o preço total caiu em cinco estabelecimentos. A maior redução foi observada no Supermercado Latorre (-5%).

A pesquisa completa pode ser conferida no site do Procon-PB (www.procon.pb.gov.br), no link ‘Pesquisa de Preço’ ou na sede do órgão de defesa do consumidor, localizada no Parque Solon de Lucena, 234.