João Pessoa
Feed de Notícias

Pesquisa do Ideme constata aumento de 36,42% no preço do tomate em JP

quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011 - 18:54 - Fotos: 
O preço do quilo do tomate subiu 36,42% entre dezembro de 2010 e janeiro de 2011 nas feiras livres e em supermercados de João Pessoa. Com isso, o valor dos legumes ficou 18,29% mais caro para o bolso do consumidor no período. O levantamento do custo da alimentação do pessoense foi divulgado nesta quarta-feira (2) pelo Instituto de Desenvolvimento Municipal e Estadual (Ideme).

Conforme a pesquisa, o quilo do tomate era vendido a R$ 1,51 em dezembro do ano passado e passou para R$ 2,06 em janeiro deste ano. Outro tipo de legume que também ficou mais ‘salgado’ para o bolso do consumidor foi a beterraba. O quilo do produto era comercializado a R$ 1,64 e agora custa R$ 2,00. Já a cenoura passou de R$ 1,67 para R$ 2,00.

O economista do Ideme, Geraldo Lopes, explicou que o aumento no valor dos legumes é decorrente da entressafra. “Como a oferta dos legumes e de outras lavouras, como raízes, acaba diminuindo no intervalo de uma safra e outra, eles ficam mais caros no segmento da agricultura. Então, o valor é repassado para o bolso do consumidor”, explicou Geraldo Lopes.

O levantamento do Ideme mostra ainda que em janeiro de 2011 o valor da cesta básica sofreu reajuste de 2,58% em relação a dezembro de 2010. Agora, a alimentação individual custa R$ 197,37 nas feiras livres e em supermercados. No acumulado dos últimos 12 meses (janeiro de 2010 a janeiro de 2011), a cesta sofreu reajuste de 12,69% no valor.

Além dos legumes, também contribuíram para o aumento da cesta básica, em janeiro: açúcar (9,66%), raízes (7,92%), farinha de mandioca (4,30%), carnes (4,10%) e óleo de soja (2,59%). Por conta disso, a recomendação do economista para que o consumidor gaste menos nas compras de legumes e de outros produtos da alimentação é a pesquisa de preço.  “É preciso comparar os preços dos supermercados e feiras livres para saber o que está mais em conta”, disse.

Cinco produtos da cesta básica registraram redução de preço, em janeiro, nas feiras livres e supermercados de João Pessoa, segundo a pesquisa do Instituto. O feijão está 15,28% mais em conta para o bolso do consumidor e o café está 3,04% mais barato.