João Pessoa
Feed de Notícias

Peritos do IPC recebem treinamento para operar novo equipamento

terça-feira, 28 de agosto de 2012 - 17:44 - Fotos:  Secom-PB

Peritos criminais do Instituto de Polícia Científica (IPC) da Paraíba participaram nesta terça-feira (28), na Espep, em João Pessoa, de um treinamento especial para operar o equipamento de Luz Forense Superlite 400, uma luz de uso universal e de alta capacidade utilizada pelos profissionais no levantamento de evidências em locais de crime.

O material foi adquirido pela Secretaria de Estado da Segurança e da Defesa Social (Seds), por meio de convênio com a Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp), e já está disponível para utilização em crimes de maior complexidade.

De acordo com o gerente operacional de Criminalística do IPC, Wilton Videles, os peritos já utilizavam a luz forense para realização de perícias em campo, no entanto, o novo equipamento vai ampliar a capacidade técnica e facilitar o trabalho dos peritos. “Esse equipamento é mais sofisticado, com tecnologia de ponta, pois produz uma luz de alta voltagem que revela evidências que a olho nu não são possíveis constatar. Sem dúvida, vai facilitar o trabalho da perícia e quem ganha é a sociedade”, avaliou.

Os novos recursos disponibilizados pelo IPC visam melhorar a qualidade da perícia realizada pelos profissionais e contribuir com a Polícia Judiciária na elucidação de crimes, a exemplo dos homicídios.

O perito criminal Ademar Roberto de Castro trabalha no IPC há 24 anos e comemorou os novos investimentos. “Esse equipamento vai muito além das maletas que nós já disponibilizamos e vai melhorar o desempenho do nosso trabalho. Isso dá ainda mais motivação para continuar prestando um serviço de qualidade à população de nosso Estado”, afirmou.

Durante o curso, os peritos receberam as visitas do secretário executivo da Segurança e da Defesa Social, Jean Nunes e do diretor geral do IPC, Humberto Pontes. O treinamento foi ministrado pelo engenheiro Frederico Caetano da Costa, que integra uma empresa considerada referência na área de segurança pública no país.