Fale Conosco

21 de novembro de 2013

Penitenciária Padrão recebe doação de livros em Campina Grande



O projeto de ressocialização de apenados através da leitura, implantado pela Secretaria de Estado da Administração Penitenciária (Seap), ganhou reforço com a doação de mais de 600 livros da área jurídica, cedidos pela faculdade Cesrei, em Campina Grande. As obras foram doadas à Penitenciária Padrão da cidade.

De acordo com o secretário titular da Seap, Wallber Virgolino, os livros são uma das formas de ajudar a instruir os reeducandos nos presídios. “Há alguns meses, iniciamos uma campanha de doação de livros para as penitenciárias, e somente em Campina Grande já são mais de 1.000 obras recebidas e encaminhadas ao Complexo Penitenciário do Serrotão. Ou seja, podemos considerar esse projeto como um sucesso total”, disse Wallber.

O complexo do Serrotão, que envolve a Penitenciária Padrão (presos provisórios), o Presídio Feminino e o Presídio do Serrotão (presos condenados) já põe em prática a “Biblioteca Móvel”, que consiste no cadastramento de presos para leitura dentro das próprias celas.

Esses livros são levados até os pavilhões por um reeducando, que anota os nomes dos colegas interessados e faz o registro das obras emprestadas. Os detentos têm um mês para ler e devolver os livros. É como se fosse a biblioteca”, explicou o secretário.

Quem desejar fazer a doação de livros para as penitenciárias de Campina Grande pode ligar para o telefone 83-3342-2107, número da Casa de Albergue do Monte Santo, e agendar a entrega do material.