Fale Conosco

21 de novembro de 2012

Peças de artesãos serão expostas em eventos esportivos pelo Brasil



coletiva_artesanato_fotos Ernane Gomes (6) Foto: Ernane Gomes/Secom-PB

O Programa de Artesanato Paraibano (PAP), promovido pelo Governo do Estado, irá selecionar 150 peças de artesãos de todo o Estado para fazer parte do projeto Brasil Original. Os trabalhos serão expostos em grandes eventos esportivos como a Copa das Confederações, Copa do Mundo e Olimpíadas 2016. A iniciativa está sendo realizada em parceria com o Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae-PB), com o objetivo de aproveitar a visibilidade do país nos próximos anos, durante a promoção dessas atividades.

O primeiro evento a receber esse tipo de espaço será a Copa das Confederações, em julho de 2013, quando serão montados showrooms com os produtos selecionados nas seis cidades que vão sediar a competição. As obras escolhidas passarão a receber o selo “Brasil Original” e também serão expostas em diversas cidades brasileiras.

“Essa é mais uma oportunidade para divulgarmos o trabalho dos nossos artesãos para o Brasil e para o mundo, através de traços marcantes da cultura e das raízes paraibanas. O nosso produto já é reconhecido pela diversidade criativa e principalmente pela qualidade, e esses aspectos serão fundamentais para ampliar o canal de exportação das peças”, comentou Ladjane Barbosa, gestora do Programa de Artesanato Paraibano.

A iniciativa também irá potencializar a qualidade das obras, por meio de consultorias que estão sendo realizadas nas comunidades, cooperativas e associações produtoras de artesanato. A proposta foi criada para garantir melhorias ao produto final de cada tipo específico de artesanato, mas sempre respeitando as técnicas e raízes culturais.

Segundo a gestora do PAP, os aspectos visuais e estruturais que ainda podem ser melhorados, receberão o suporte de um consultor especializado, por meio de encontros periódicos que são definidos de acordo com as necessidades de cada grupo.  “Iremos analisar os trabalhos pela sua originalidade, qualidade, referência e identidade cultural, acabamento e sustentabilidade. A Paraíba possui um artesanato muito rico, portanto, nossa pesquisa de campo deverá durar uns dez dias”, revelou a consultora e pesquisadora gaúcha, Macao Goes, que esta semana iniciou o trabalho de campo, junto com representantes do Sebrae, para selecionar os produtos paraibanos.

coletiva_artesanato_fotos Ernane Gomes (21)Salão do Artesanato – Alguns desses trabalhos já poderão ser conferidos pelo público durante o 17º Salão do Artesanato da Paraíba, que será realizado em João Pessoa, a partir do dia 20 de dezembro. O evento acontecerá no Jangada Clube e contará com a participação de cerca de 700 artesãos de 126 municípios paraibanos, com trabalhos em cerâmica, madeira, tecelagens, fios, fibras, brinquedos populares e gastronomia.