João Pessoa
Feed de Notícias

Peças artesanais produzidas nos presídios são expostas na Semana do Servidor

terça-feira, 29 de outubro de 2013 - 17:43 - Fotos: 

O colorido das bonecas de pano, a riqueza de detalhes dos carrinhos e casas em miniatura, além da beleza e praticidade dos puffs produzidos dentro de diferentes unidades prisionais do Estado estão expostos no estande da Secretaria de Estado da Administração Penitenciária (Seap), montado no estacionamento do Centro Administrativo Estadual, dentro da programação da Semana do Servidor, que acontece até esta quinta-feira (31).

As peças artesanais foram produzidas na Penitenciária de Recuperação Feminina Júlia Maranhão, em João Pessoa; Penitenciária Feminina de Campina Grande; Presídio Padrão Romero Nóbrega de Patos, Presídio Padrão de Catolé Do Rocha. As peças que estão sendo comercializadas têm preços que variam de R$ 10 a R$ 100.

Com o objetivo de homenagear o servidor público, a Secretaria de Estado da Administração, com o apoio da Gerência Executiva de Desenvolvimento de Pessoas, programou uma série de atividades. As ações estão sendo realizadas até quinta-feira (31), no Centro Administrativo Estadual, no bairro de Jaguaribe, na Capital.

Durante visita ao estande da Seap, na tarde desta terça-feira (29), o secretário Wallber Virgolino destacou os projetos de ressocialização nos presídios paraibanos. “Aqui é a prova viva que os projetos de ressocialização estão funcionando de forma satisfatória. Esta é apenas uma pequena mostra do que está sendo produzido dentro das unidades prisionais da Paraíba, no que se refere ao artesanato, mas, para a nossa satisfação, estamos imprimindo um ritmo forte em todos os eixos da ressocialização. A qualidade deste trabalho nos leva a crer que estas pessoas, se tiverem oportunidade e estímulo, podem tranquilamente ganhar a vida de forma honesta e digna”, comentou.

A Gerência Executiva de Ressocialização da Seap foi criada em 2011, com o objetivo de proporcionar a inserção social de apenados dos regimes semiaberto, aberto e em livramento condicional e trabalha com os eixos, saúde, trabalho, família, educação, qualificação profissional, esporte e cultura.