João Pessoa
Feed de Notícias

PBGÁS participa de projeto de reflorestamento do Parque do Xém-Xém

terça-feira, 29 de agosto de 2017 - 11:23 - Fotos:  Secom-PB

A Companhia Paraibana de Gás (PBGÁS) participa de projeto para utilização e recuperação da área degradada no Parque Mata do Xém-Xém, em Bayeux. Na última sexta-feira (25) gestores, ambientalistas e crianças da comunidade plantaram mudas de árvores nativas e exóticas em uma área de pouco mais de 1 hectare.

A PBGÁS participa do Conselho Gestor consultivo do Parque Estadual da Mata do Xém-Xém, que conta com representantes da Sudema, Secretaria de Meio Ambiente de Bayeux, UFPB, UEPB, Ibama, Iphan, Aesa, Policia Militar, Corpo de Bombeiros, Policia Florestal, Comunidade, ONGs, Apan, Cehap, Alphaville, Solar Joana de Ângeli e Sebrae.

O conselho gestor do parque já aprovou plano de manejo com objetivo de criar normas e o zoneamento para o uso da área e o manejo dos recursos naturais da unidade de conservação. O plano será lançado oficialmente em breve com um plano de ação de uso e visitações.

O Parque Estadual da Mata do Xém-Xém foi criado em conformidade com a Lei N.º 9.985 de 18/07/2000 do Sistema Nacional de Unidades de Conservação-SNUC. Na área, além de uma bela mata, existem importantes vertedouros d’água, como as nascentes do rio Marés, que abastece parte de João Pessoa.

De acordo com a Gerente de Segurança, Meio Ambiente e Saúde da PBGÁS, Lily Maciene Diniz, em consonância com a sua visão estratégica, a PBGÁS vai apoiar programas como o plano de visitação, de preservação ambiental e ações voltadas para a sustentabilidade do parque. Ela explicou que 1.200 metros de dutos da PBGÁS, construído na década de 80, passa pelo parque, que vem sendo tratado como prioridade na política socioambiental da companhia.

“A nossa meta é tornar essa ação permanente em parceria com os órgãos envolvidos. Com essa ação, a PBGÁS escreve mais uma página da sua história, com o compromisso de daqui a um ano ver o seu tamanho com o crescimento das árvores e a organização do parque do Xém-Xém”, explicou.