João Pessoa
Feed de Notícias

PB terá R$ 14 milhões para instalação de 94 dessalinizadores

quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012 - 19:20 - Fotos:  José Marques/Secom-PB

Foto: José Marques/Secom-PB

A Paraíba ganhará, nos próximos três anos, 93 unidades demonstrativas do Programa Água Doce, desenvolvido pelo Ministério do Meio Ambiente (MMA) em parceria com o Governo do Estado. Este ano, a Paraíba foi contemplada com R$ 14 milhões para a instalação de unidades de dessalinização.

Na manhã desta quinta-feira (9), o governador Ricardo Coutinho e o secretário de mudanças climáticas do MMA, Mauro Pires, entregaram à população a unidade demonstrativa do Programa Água Doce, no distrito de Cachoeira Grande, município de Aroeira. As primeiras dessas unidades foram instaladas em Amparo e Aroeiras, e a próxima será em Sumé.

O dessalinizador atende a 33 famílias do assentamento Cachoeira Grande. Essas famílias estão sendo beneficiadas com água tratada e utilização racional da água salobra, que se transforma em rejeito para a produção de ração para gado, cabras e ovelhas. A unidade terá capacidade de produção de 800 litros por hora de água doce.

De acordo com o coordenador do Programa Água Doce na Paraíba, e técnico da Agência das Águas do Estado da Paraíba(Aesa), Isnaldo Cândido, a água muito salina é utilizada para o cultivo de tilápias, e o concentrado dessa criação é aproveitado para a irrigação da erva-sal. “Na seqüência, esta planta é aproveitada na alimentação de ovinos e caprinos da região”, explicou.

Ricardo Coutinho agradeceu os investimentos do Governo Federal e disse que os 93 dessalinizadores darão acesso à água de qualidade e possibilitarão a inclusão produtiva e a geração de emprego e renda no Semiárido. “Esse projeto caminhará junto com outros, como o Cooperar e a compra de alimentos da agricultura familiar para serem utilizadas na merenda escolar”, completou.

Mauro Pires destacou o papel das comunidades beneficiadas, do Governo e das prefeituras na gestão das unidades de dessalinização. Ele disse ainda que o desafio do Governo Federal é chegar em comunidades distantes,cuja população precisa de água de qualidade para sobreviver e promover seu sustento.

O programa – O Água Doce busca atender, prioritariamente, localidades rurais difusas na região do Semiárido. Suas ações são iniciadas a partir dos municípios mais críticos e nas áreas mais susceptíveis ao processo de desertificação.

O agricultor Olivaldo Felipe da Silva, um dos beneficiados com a unidade, não escondia a satisfação de ter acesso à água de qualidade. “Primeiramente, temos água tratada, algo distante há bem pouco tempo. Além desses benefícios, estamos utilizando a água de uma forma que serve para a criação de tilápia e de pasto para a criação de animais. Sem dúvida, a parceria do Governo Federal, do governo do Estado e da prefeitura vai beneficiar e dar mais qualidade de vida às 33 famílias do nosso assentamento”, completou.

Foto: José Marques/Secom-PB

A solenidade de inauguração da unidade contou também com as presenças do coordenador nacional do programa Água Doce, Renato Saraiva, do secretário de Desenvolvimento Agropecuário e Pesca, Marenilson Batista, do secretário executivo de Agricultura Familiar, Alexandre Eduardo, do presidente da Emater, Geovanni Medeiros, da presidente da Aesa, Ana Maria Torres, de representantes da Embrapa, do prefeito de Aroeiras, Giuseppe Oliveira, e do deputado estadual Doda de Tião.