João Pessoa
Feed de Notícias

PB receberá R$ 1,8 milhão para promover autonomia da mulher rural

quarta-feira, 7 de março de 2012 - 18:39 - Fotos:  L. Barbosa/Secom-PB

Foto: L. Barbosa/Secom-PB

Mais de R$ 1,8 milhão do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) e da Secretaria Nacional de Políticas para Mulheres (SNPM) serão destinados a projetos voltados ao crescimento econômico e social de mais de 5,6 mil trabalhadoras rurais da Paraíba. O recurso faz parte do Termo de Cooperação pela Cidadania e Autonomia das Mulheres Rurais, que foi anunciado nesta quarta-feira (7), em Brasília.

O governador Ricardo Coutinho e a secretária estadual da Mulher e da Diversidade Humana, Iraê Lucena, participaram da solenidade que marcou a assinatura do Termo de Cooperação, em um dos auditórios do MDA. Também estavam no evento os ministros do MDA, Afonso Florence, e da SNPM, Eleonora Menecucci, além de representantes de entidades que defendem os direitos das mulheres brasileiras.

Em pronunciamento que fez durante a solenidade, Ricardo enfatizou a importância do Termo de Cooperação para a geração de autonomia e independência das trabalhadoras rurais. “Esse Termo reforça as políticas públicas que já são desenvolvidas em benefício das mulheres do nosso Estado. É uma inclusão produtiva que vai gerar a emancipação e a melhoria da qualidade de vida de muitas mulheres”, comentou Coutinho.

 

Foto: L. Barbosa/Secom-PB

Autonomia – A ministra Eleonora Menicucci afirmou que o Termo representa um avanço nas políticas públicas para trabalhadoras rurais. Segundo ela, vai proporcionar autonomia econômica às mulheres e ampliará a responsabilidade do Governo Federal em relação a esse assunto. Em seu discurso, Eleonora, emocionada, disse estar muito feliz pela proposta beneficiar mulheres paraibanas.

“A Paraíba me acolheu no momento mais importante da minha vida. Quando sai da prisão escolhi trabalhar com mulheres rurais e na Paraíba tive o primeiro contato com elas. Depois disso, elas passaram a ter um lugar fundamental na minha vida e na minha disposição de luta. Foi na Paraíba que me resgatei como mulher e estou muito feliz desse acordo atingir a esse Estado”, declarou.

Agricultura familiar – Segundo Iraê Lucena, o projeto será executado em um ano e está focado em ações para o desenvolvimento da agricultura familiar. “Estamos acelerando o processo para gerar benfeitorias o quanto antes. Já temos um plano de trabalho e também vamos realizar um seminário para orientar as trabalhadoras rurais”, afirmou.

A secretária estadual informou ainda que, do valor total destinado à execução da proposta, mais de R$ 1,6 milhão são do Governo Federal – o restante, mais de R$ 157 mil, é a contrapartida do Governo Estadual. Iraê também disse que, no próximo dia 26, o projeto será anunciado em uma solenidade na Paraíba, com a presença do ministro do MDA. “O evento vai fazer parte das comemorações no Estado em homenagem ao Dia Internacional da Mulher”, ressaltou.

 

Foto: L. Barbosa/Secom-PB

Termo de Cooperação – Além da Paraíba, também serão beneficiados com o Termo de Cooperação pela Cidadania e Autonomia das Mulheres Rurais os estados da Bahia, do Acre, de Alagoas e do Rio Grande do Norte. O principal objetivo da proposta é implantar ações de gestão social, qualificação de equipes em economia feminista e políticas públicas. Ao todo, o Governo Federal vai investir R$ 10 milhões, durante dois anos. A meta é atingir mais de 50 mil agricultoras familiares.