João Pessoa
Feed de Notícias

PB ganha unidades de call center que vão gerar 5 mil empregos

sexta-feira, 11 de janeiro de 2013 - 10:00 - Fotos:  Alberi Pontes / Secom-PB

A cidade de João Pessoa ganhará duas unidades de Call Center da empresa A e C, que vão gerar 5 mil empregos ainda este ano.  O comunicado foi feito no final da manhã dessa quinta-feira (10) pelo presidente da empresa, Alexandre Moreira, durante audiência com o governador Ricardo Coutinho, no Palácio da Redenção. A primeira unidade vai funcionar no início de março no bairro de Mangabeira.

As inscrições para as unidades de Call Center já podem ser feitas no Sine Estadual, na Rua Almeida Barreto, Centro da Capital. Os empreendimentos de João Pessoa terão um investimento de R$ 30 milhões.

A empresa A e C iniciou sua operação na Paraíba em abril de 2012, em Campina Grande, e hoje emprega 4.100 funcionários, a maioria jovens que conquistaram o seu primeiro emprego. O presidente da companhia comunicou que a primeira unidade vai começar a funcionar com mil empregos e a meta, com a implantação da segunda unidade no bairro de José Américo, é terminar este ano com mais de 5 mil funcionários.

Alexandre Moreira destacou a importância do apoio do governo para que a empresa viesse a se instalar no Estado, agindo de uma forma proativa e dando incentivos para a aquisição da área e o reforço da segurança em torno das unidades. Outro ponto destacado por ele é a excelência no atendimento dispensado pelos funcionários paraibanos, através da simpatia, vontade e disponibilidade, comprovada nesses meses de operação da empresa em Campina Grande.

Para o governador Ricardo Coutinho, esse é o coroamento de um trabalho iniciado em 2011 de captação da empresa, que vem contribuído para o processo de desenvolvimento do Estado.   Ricardo destacou que os call centers estão gerando um impacto muito positivo de empregos para os jovens, com um salário acima da média e envolvendo uma atividade em alta que é a tecnologia. “Essa é uma grande notícia que vai gerar empregos que vão oferecer um caminho de crescimento profissional e cidadão, afastando os jovens do mundo das drogas e da criminalidade”.

O secretário executivo de Indústria e Comércio do Estado, Marcos Procópio, lembrou que em menos de dois anos o Governo do Estado conseguiu atrair para Campina Grande, e agora para João Pessoa, uma das maiores empregadoras privadas do Estado. Procópio afirmou que a expectativa com esse e outros empreendimentos é de criar, até 2014, 10 mil novos empregos em João Pessoa. “Estamos mostrando aos investidores que na Paraíba eles conseguem ter viabilidade, incentivos, uma matriz de custos competitiva e mão de obra qualificada”, disse Marcos Procópio.

Segundo o secretário de Turismo e Desenvolvimento Econômico, Renato Feliciano, as implantações de empresas e ampliações que estão acontecendo na Paraíba reforçam o caminho de desenvolvimento trilhado pelo Paraíba. “São empregos que estão sendo gerados, que estão mudando a vida das pessoas e impulsionando o desenvolvimento da Paraíba”.