Fale Conosco

29 de novembro de 2012

PB é o terceiro estado a criar Comitê de Saúde para população LGBT



criacao_comite_de_saude_da_populacao_lgbt_foto_kleide_teixeira91A Paraíba é o terceiro estado brasileiro a criar o Comitê Estadual de Saúde para implementação da Política Nacional de Saúde Integrada da População de Gays, Lésbicas, Transexuais, Travestis e Bissexuais (LGBT). O secretário estadual da Saúde, Waldson de Souza, assinou a Portaria nº 567 que cria o comitê, nesta quinta-feira (29), em João Pessoa, no auditório do Centro Formador de Recursos Humanos (CEFOR-PB). Estiveram presentes na solenidade, a secretária executiva da Secretaria de Estado da Mulher e Diversidade Humana, Gilberta Soares e a coordenadora do Comitê Técnico do LGBT, do Ministério da Saúde, Kátia Souto.

Waldson Dias de Souza declarou que ao criar o comitê, o governo do Estado dá provas de compromisso para melhoria do serviço de saúde para todos os segmentos da sociedade paraibana. “Isso é a prova do compromisso que o Governo do Estado vem assumindo desde 2011, de melhorar os serviços de saúde em todo estado, além de atender a demanda de uma população que era completamente esquecida nos governos anteriores”, falou Waldson.

De acordo com a representante do Ministério da Saúde, Kátia Souto,  Goiás e Pernambuco são os outros estados que já criaram seus comitês. Para 2013 estão previstos em mais cinco estados: Mato Grosso do Sul; Piauí; Ceará; Rio Grande do Norte e Bahia. “Os comitês são importantes espaços de diálogo entre o poder público e a sociedade civil organizada, no sentido de criar políticas de saúde para essa parcela da população que vive à margem,” falou a representante do Ministério da Saúde.

criacao_comite_de_saude_da_populacao_lgbt_foto_kleide_teixeira116Kátia falou do constrangimento que o segmento passa quando procura os serviços de saúde e são vítimas de preconceito, o que muitas vezes fazem com que nem compareçam, mesmo estando doentes.

O Comitê Estadual de Saúde para implementação da Política Nacional de Saúde Integrada da População de Gays, Lésbicas, Transexuais, Travestis e Bissexuais – LGBT, será constituído por um titular e suplente das Gerências Executivas de Vigilância em Saúde, de Atenção à Saúde e da Gerência Operacional de DST/Aids/Hepatites Virais; do Complexo Hospital Clementino Fraga, todos da Secretaria de Estado da Saúde; do Conselho Estadual de Saúde; da Secretaria de Estado da Mulher e Diversidade Humana e representantes de órgãos ou entidade da sociedade civil. A Coordenação será da Gerência Operacional de DST/Aids/Hepatites Virais.