Fale Conosco

10 de julho de 2009

Parque computacional da Codata ganha capacidade de operação acima da média



Além disso, oferece a vantagem de obter mais economia ao reduzir o custo de manutenção de hardware e software, e usar uma plataforma aberta. Também uma eficiência tecnológica, ao atualizar o parque computacional, que operava com tecnologia atrasada em quase dez anos.

A última atualização aconteceu no ano 2000 e o novo sistema está concentrado num só equipamento: um rack que concentra servidores blade, storage e backup.
 
O novo Datacenter tem 13 servidores com tecnologia blade com 103% a mais da performance da média, bem como um Storage HP de 30 terabytes. Esses investimentos deixam a Codata em dia com os avanços da nova era, no tocante à sua capacidade computacional de servidores e armazenamentos.
 
Contrato legalizado – A Codata legalizou contrato com a empresa alemã Software AG, detentora de linguagem e banco de dados Natural/Adabas. Este contrato abrange tanto a legitimação das licenças de uso para mainframe, bem como licença de uso para baixa plataforma.
 
Com isso, a Companhia estadual viabiliza a renovação, modernização e ampliação da capacidade de seu banco de dados. Também oferece condições, através das novas versões adquiridas, de a Codata conquistar uma nova plataforma gráfica, livrando-se de técnicas ultrapassadas, a exemplo da ‘tela preta’.

Da Assessoria de Imprensa da Codata