João Pessoa
Feed de Notícias

Parceria entre Sedh e Tabajara propicia participação de crianças em programação da Rádio

quarta-feira, 10 de outubro de 2012 - 17:38 - Fotos: 

 Comunicação com informação. É assim que a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Humano (Sedh), por meio do projeto Criança.PB, e a Rádio Tabajara participam das atividades alusivas ao Dia da Criança, nestas quarta (10) e quinta-feira (11) no Espaço Cultural, no evento Espaço da Criança promovido pelo Governo do Estado.

Na manhã desta quarta-feira (10), em uma rádio mirim montada pela equipe da Tabajara, crianças de três escolas públicas puderam dar entrevistas, conversar com os locutores e ter uma ideia de como funciona uma transmissão radiofônica.  Elas participaram de oficinas de comunicação, promovidas pelo Criança.PB.

Fala criança – Para o estudante Bruno Sérgio, que cursa o 8º ano na Escola Estadual Almirante Tamandaré, outros projetos parecidos deveriam ser oferecidos nas escolas. “O bullyng, que foi um dos temas dos programas das oficinas que fizemos, tem que ser combatido em todas as escolas. É por isso que projetos assim devem continuar para que a gente possa conhecer mais, evitando que os estudantes sejam vítimas”, disse o estudante durante entrevista no Espaço Cultural a repórter Josy Aquino, da Rádio Tabajara.

A superintendente da Rádio Tabajara, Maria Eduarda Santos, manifestou sua satisfação em oferecer gratuitamente às crianças do evento a experiência radiofônica. “O rádio, pela própria natureza, já é lúdico. Qual criança não gosta de brincar fingindo ser locutora, por exemplo? Tem tudo a ver. Mesmo com o advento de novas tecnologias, o rádio continua com esse lado, mexendo mesmo com a imaginação da criançada”, disse.

ECA – Ainda no Espaço Cultural profissionais da Sedh distribuíram panfletos sobre o Estatuto da Criança e do Adolescente e sobre os principais tipos de violência que acometem a faixa etária de 0 a 18 anos, como violência física e psicológica. Outro assunto que está sendo alertado é o combate ao trabalho infantil.

“Estamos aqui para tirar dúvidas das crianças, pais e professores e apresentar alguns serviços que existem para combater a violência e tirar as crianças do trabalho. Desta forma, a Secretaria de Desenvolvimento Humano unida a outros órgãos como Saúde e Educação está contribuindo para mudar uma cultura que irá propiciar não só um dia de alegria para estas crianças, mas uma nova forma de viver”, afirmou a gerente da Proteção Social Especial da Sedh, Carmem Meireles.

Locutores mirins – Durante o mês de outubro, pequenos programas produzidos pelos estudantes de escolas públicas, por meio do projeto Criança.PB, serão transmitidos na Rádio Tabajara com os temas: bullyng, tabagismo, preconceito contra portadores da Síndrome de Down e pornografia infantil na internet.

Os programas foram gravados depois de oficina teórica sobre comunicação realizada nas escolas Almirante Tamandaré, no Castelo Branco; Nicodemos Neves, nos Funcionários; e Celso Furtado, do conjunto João Paulo II, para mais de 60 estudantes dos 12 aos 17 anos.

“Durante as oficinas, que duraram quatro meses, foram ensinadas técnicas de locução, de produção de roteiro e gravamos num estúdio os programas produzidos. Mas, agora, teremos uma experiência mais aproximada, pois haverá varias pessoas circulando no local, dando um retorno mais próximo do que é o rádio na realidade”, explicou o oficineiro do Criança.PB, Sergio Silva.