João Pessoa
Feed de Notícias

Parceria do Prima com Instituto Musica Brasilis amplia aprendizagem musical de alunos

segunda-feira, 13 de julho de 2015 - 16:53 - Fotos: 

Os mais de 1,2 mil alunos do Projeto de Inclusão Social através da Música e das Artes (Prima) terão a oportunidade de vivenciar momentos importantes na aprendizagem musical. O Projeto firmou parceria com o Instituto Musica Brasilis, sediado no Rio de Janeiro, para a apresentação de um evento especial que irá contemplar composições de Heitor Villa-Lobos, um dos maiores compositores da música erudita com nuances das culturas regionais brasileiras, e Edmundo Villani-Côrtes, considerado um dos maiores maestros do País. O evento contará com três apresentações nas cidades de João Pessoa, Campina Grande e Cabedelo.

De acordo com Alex Klein, gestor do Prima, a parceria, que conta com o apoio do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), terá a apresentação do seguinte repertório: Bachianas Brasileiras, nº 1 e 9, Ciranda das Sete Notas para fagote e cordas, com a participação da solista Catalina Klein. Já as composições de Edmundo Villani-Côrtes serão: Cantiga, Acalanto, Luz e Maxixe. O evento, que ocorrerá em agosto, contará com três concertos. “É um projeto muito importante para o Prima e, por conseguinte, para a Paraíba, já que vai colocar os alunos com o que há de melhor na arte musical de São Paulo e Rio de Janeiro, líderes nacionais na produção artística”, disse.

Para o maestro, parcerias como esta trazem ainda mais avanços para o Prima tanto na parte pedagógica quanto na gestão. “Consideramos eventos como este um ‘intensivão’ no qual professores e alunos ficam expostos a um nível mais elevado da produção artística, o que os torna ainda mais aptos para administrar os polos do Projeto de forma ainda mais eficaz, alcançando níveis satisfatórios de inclusão social, a base do Prima”, destacou. “Alunos e professores já estão envolvidos, há alguns meses, intensamente em estudo individual e ensaios, que serão intensificados a partir deste mês”, prosseguiu.

Agenda – O evento em parceria com o Instituto Musica Brasilis será composto por três apresentações. A primeira será em 29 de agosto, às 19h30, no Espaço Cultural, Sala José Siqueira, em João Pessoa. A segunda ocorrerá no dia 30 de agosto, às 18h30, Teatro Municipal, em Campina Grande. A última será realizada em Cabedelo, às 18h30, no Teatro Santa Catarina. O concerto terá caráter educativo.

O maestro Alex Klein explicou que, para esta apresentação, estarão envolvidos mais de 30 músicos de cordas, sendo 13 professores, 16 alunos e quatro convidados, incluindo o violinista Tiago Formiga, spalla da Orquestra Sinfônica da Paraíba e a solista de fagote Catalina Klein. “Além da formação dessa orquestra de cordas, regida por mim, o público ainda poderá apreciar a Orquestra de Violoncelos do Prima, formada por 20 músicos”, informou o gestor do Projeto.

Credibilidade e reconhecimento – O maestro Alex Klein ressaltou que o Projeto de Inclusão Social através da Música e das Artes tem investido, de forma notória, no processo de inclusão social de centenas de jovens, que encontraram na música uma maneira de promover a cidadania e, assim, superar as adversidades sociais.

“Não há dúvidas de que temos talentos. Todos os alunos do Prima, de todos os polos, têm talento. Porém, não tenho dúvidas também de que é a força da inclusão social que tem feito com que este projeto, criado pelo Governo do Estado, tenha conquistado respeito de renomes nacionais, como o Fábio Zanon, um dos maiores violonistas da música erudita brasileira contemporânea, ou de outras personalidades, como o solista de piano norte-americano Blair McMillen, que tocou com o Prima por meio de uma parceria com o consulado dos Estados Unidos recentemente”, afirmou.

E acrescentou: “Podemos dizer que esse é mais um exemplo da visibilidade que o Prima tem alcançado. É sempre bom enfatizar que o Projeto vai muito além do ensino de música. É um projeto fomentador da cidadania. Por isso, o apoio que tem recebido”.